Futebol Brasileiro

Pai de Jô diz que torce por volta do filho ao Corinthians: 'Se houver uma conversa boa, pode sair algo'

Em entrevista à 'TV Gazeta', Francisco Dario, no entanto, afirmou não saber de uma negociação entre o atacante e o clube do Parque São Jorge; contrato do jogador acaba no final deste ano

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Jô foi campeão brasileiro pelo Corinthians, em 2017(Getty Images)

Jô foi campeão brasileiro pelo Corinthians, em 2017 | Getty Images

A torcida do Corinthians segue com saudades de Jô, desde que o jogador deixou o clube, em dezembro de 2017, para atuar pelo Nagoya Grampus, do Japão. De lá para cá, rumores sobre seu retorno ao Parque São Jorge surgiram e há um integrante importante da negociação com vontade de que ela dê certo.

Francisco Dario, pai de Jô, afirmou, em entrevista à 'TV Gazeta', que nutre muito carinho pelo Corinthians e que, com uma "boa conversa", o centroavante poderia retornar ao time que o revelou. Entretanto, ele é taxativo ao dizer que não sabe de nenhum tipo de contato, por ora.

"A gente mora aqui no Tatuapé, perto do Corinthians. A família gosta muito do Corinthians e ele tem uma identificação muito grande. Eu gostaria muito, mas não depende diretamente só de mim. Temos que esperar um pouco, mas acredito que se houver uma conversa boa pode sair algo, quem sabe. Mas até o momento não tem nada", disse.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Ele falou que está pensando o que vai fazer ainda. O campeonato no Japão só começa em junho então ele está querendo negociar com o pessoal para ver se ele vem em definitivo ou se volta para cumprir o contrato. Sobre Corinthians mesmo, não tem nada oficial, não me falou nada", completou Dario.

Algo que pode facilitar o retorno de Jô ao Brasil é o fato de que seu contrato está no fim. Em junho, o jogador poderá assinar um pré-contrato com qualquer outro clube.

"O contrato dele termina no fim do ano, em dezembro de 2020. E como no meio do ano ele pode fazer pré-contrato com qualquer clube, o que pode estar surgindo é essa situação. Mas no momento ele não falou nada. A diretoria do Japão deu as férias de 15 dias por conta da pandemia e ele está aguardando para ver o que vai acontecer, mas no momento ele não falou nada", comentou o pai do atacante.

 
Felipe Melo provoca Corinthians em live no Instagram
Comentários