Futebol Brasileiro

Palmeiras, Corinthians e São Paulo devem adotar postura semelhante em reunião que decide futuro do Paulistão

Trio de Ferro do futebol paulista enxerga a saúde como prioridade para retorno do Paulistão; São Paulo e Palmeiras aceitam apenas quando autoridades competentes julgarem ser possível

Avatar del

Por Rodrigo Fragoso e Victor Lopes

Palmeiras, Corinthians e São Paulo devem adotar postura semelhante em reunião que decide futuro do Paulistão

Palmeiras, Corinthians e São Paulo devem adotar postura semelhante em reunião que decide futuro do Paulistão

Nesta quarta-feira (15) a Federação Paulista de Futebol se reúne com todos os representantes dos clubes da Série A1 do Paulistão para definir uma perspectiva em relação ao retorno do Campeonato Paulista. Palmeiras, Corinthians e São Paulo devem adotar postura parecida na reunião, indo contra o reinício da competição sem a liberação das autoridades de saúde governamentais.

O Palmeiras se posicionou em nota oficial da seguinte forma: "O Palmeiras irá disputar todas as competições, honrar com os seus compromissos esportivos e espera poder entrar em campo o mais rapidamente possível. Entretanto, isso apenas ocorrerá quando existir liberação das autoridades de saúde competentes e um ambiente totalmente seguro para os atletas, comissão técnica e demais colaboradores".

Já o São Paulo não emitiu um comunicado oficial, mas a reportagem do Esporte Interativo apurou que o Tricolor quer o retorno do futebol o quanto antes, mas somente quando o Ministério da Saúde entender que é possível, sem qualquer tipo de antecipação que possa gerar riscos.

Por fim, o Corinthians chegará à reunião dessa tarde com a Federação Paulista de Futebol e os representantes dos outros 15 clubes disposto a ouvir quais as condições que os diretores da FPF entendem ser suficientes para o reinício da competição, mas assim como Palmeiras e São Paulo, coloca a saúde de todos os envolvidos no espetáculo como prioridade.

De acordo com Ricardo Martins, comentarista do Esporte Interativo, a Federação Paulista deve colocar em pauta o reinício do Paulistão em maio, tendo jogos com portões fechados a cada dois dias. Ainda restam duas datas da primeira fase a serem disputadas, além das quartas de final, semifinais e finais.

Comentários