Futebol Brasileiro

Palmeiras e WTorre estudam implementação de gramado artificial no Allianz Parque

Comitiva do Palmeiras e da construtora vão para a Holanda estudar a possibilidade do Allianz Parque ter grama sintética

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Possibilidade do Allianz ter gramado artificial é discutida desde 2015(Divulgação/Allianz Parque)

Possibilidade do Allianz ter gramado artificial é discutida desde 2015 | Divulgação/Allianz Parque

O Allianz Parque pode passar a ter gramado sintético a partir de 2020. Representantes do Palmeiras e da WTorre viajaram para a Holanda para estudar a possibilidade da implementação de grama artificial na arena palmeirense. A informação foi confirmada pelo comentarista Mauro Beting.

A ideia de ter um gramado artificial no Allianz Parque é debatida no clube desde 2015. O projeto é visto como uma alternativa para o Verdão conseguir conciliar melhor a agenda entre jogos e shows na arena, já que o gramado sintético requer menos tempo de recuperação para a realização de uma partida depois de um show.

Caso a viagem à Europa seja bem sucedida e o projeto ande, as obras no gramado do Allianz Parque devem ser iniciadas já em dezembro, após o término do Brasileirão, com previsão de serem concluídas por volta de março de 2020. Estima-se que a troca do tipo de grama na arena custa ao menos R$ 4 milhões.

Comentários