Futebol Brasileiro

Palmeiras envia proposta ao Nacional-URU em busca de acordo por parte do pagamento de Matías Viña

Prazo estipulado pelos uruguaios se encerra nesse domingo, mas a diretoria alviverde conta com boa relação para acertar novo prazo do pagamento de R$ 3,3 milhões ao clube uruguaio

Avatar del

Por Rodrigo Fragoso

Matías Viña em ação pelo Palmeiras, pela Copa Libertadores(Getty Images)

Matías Viña em ação pelo Palmeiras, pela Copa Libertadores | Getty Images

As diretorias de Palmeiras e Nacional estão conversando para entrar em um acordo sobre o pagamento de parte da primeira parcela da compra de Matías Viña pelo clube brasileiro. Os uruguaios estabeleceram o dia 31 de maio como data final para o depósito do valor de 550 mil euros (cerca de R$ 3,3 milhões, na cotação atual), no entanto, segundo a apuração da reportagem do Esporte Interativo, a diretoria palmeirense enviou uma nova proposta, tendo em vista a diminuição de receita provocada pela paralisação do futebol.

Conversando com pessoas ligadas aos dois clubes, a boa relação das diretorias é sempre citada como ponto forte para que um acerto surja sem uma eventual cobrança em processo na FIFA. O Palmeiras adquiriu Matías Viña por cerca de R$ 16 milhões que seriam pagos em três parcelas.

Restando ainda o pagamento de 30% da primeira parte, o clube paulista trabalha para convencer os uruguaios a postergar esse valor para o segundo semestre, como tem feito em outras negociações envolvendo pagamentos ou recebimentos, quando houver um aumento da entrada de receitas. Ainda segundo a reportagem, a diretoria do Nacional ainda não respondeu se aceita a proposta.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O lateral esquerdo Matías Viña, de 22 anos, é formado nas categorias de base do Nacional-URU e fez sua estreia pelo Palmeiras em fevereiro desse ano, acumulando seis partidas com a camisa do clube, todas como titular do técnico Vanderlei Luxemburgo. Durante a paralisação do futebol, voltou ao Uruguai, mas já tem a documentação em mãos para retornar ao Brasil, podendo chegar nesse final de semana, ainda que não haja previsão para o retorno do futebol no país.

 
Luiz Adriano rasga elogios a Luxemburgo: 'Dá aula pra gente'
Comentários