Futebol Brasileiro

Pato se declara ao São Paulo e critica Andrés Sánchez: 'Fala muita coisa que não é verdade'

Atacante do São Paulo, Alexandre Pato relembrou os tempos de Corinthians e garantiu que hoje sua casa é o Tricolor

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Pato foi contratado pelo São Paulo em 2019; primeira passagem do jogador pelo Tricolor foi entre 2014 e 2015(2020 Getty Images)

Pato foi contratado pelo São Paulo em 2019; primeira passagem do jogador pelo Tricolor foi entre 2014 e 2015 | 2020 Getty Images

Alexandre Pato é um ídolo da torcida do São Paulo e o atacante espera retribuir o carinho dos tricolores conquistando uma Libertadores pela equipe. Em entrevista à 'Fox Sports', o atleta disse que seu sonho e seu futuro estão no clube do Morumbi.

"Libertadores é um título que eu quero ganhar. Eu joguei pelo São Paulo já, tive o prazer também de jogar pelo Inter, então eu quero buscar esse título, porque eu quero entrar tanto na história do futebol brasileiro como na história do São Paulo. Dependendo de como vai ser a Libertadores, nós estamos focados para ganhar uma coisa tão importante, porque o São Paulo merece. Hoje o meu sonho é ganhar pelo São Paulo", afirmou.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Não posso fazer planos, projetar o meu futuro, porque não sei como vai ser. Eu sei que o meu sonho hoje, o meu presente é jogar pelo São Paulo e buscar títulos com o São Paulo. Esse é o meu futuro. Eu quero escrever meu nome na história do clube. O futuro eu não sei, mas o hoje é o treino, é o jogo, é o título que vou buscar", completou.

Ex-Corinthians, Pato também respondeu sobre seu passado com a camisa do rival e aproveitou para criticar Andrés Sánchez, presidente do Alvinegro. Andrés mandou um recado dizendo que Pato "é uma pessoa sempre muito bem-vinda" e para não ter mágoas do Timão.

"Conheci ele (Andrés Sánchez) no Corinthians, acho que às vezes ele fala muita coisa que não é verdade, às vezes ele fala muito por ser esse cara que gosta de ter a atenção nele. Eu não tenho nenhum problema com o Corinthians, foi por meio deles que eu tive o prazer de jogar no São Paulo. Foi aí que eu encontrei meus colegas, um clube muito legal, um clube muito bacana, jogadores que me ajudaram bastante, mas não tem nada. Desejo a ele sucesso, que ele faça a caminhada dele e eu faça a minha, porque eu estou muito feliz no São Paulo", disse.

Não tenho rancor, não tenho briga com ninguém, desejo o sucesso de todos que estão lá, porque tem muito corintiano que torce por mim, que me manda mensagem. Conheço jogadores de lá, mas o que eu penso hoje é o São Paulo e tudo o que aconteceu no passado, aconteceu, então a minha casa, a minha vida hoje é o São Paulo, espero cada vez mais fazer para o meu torcedor", afirmou.

Pato também rejeitou a ideia de que jogadores do Corinthians tentaram agredi-lo depois do jogo contra o Grêmio, pela Copa do Brasil de 2013, quando o atacante perdeu um pênalti que eliminou o Alvinegro.

"Eu lembro que naquela hora todo mundo estava triste dentro do vestiário e eu não vi ninguém, estava todo mundo no vestiário, todo mundo triste, bravo, porque tínhamos saído (da competição), mas ninguém tentou partir para cima, acho que saiu muita coisa aí, falaram, aproveitam o momento para falar, mas não aconteceu nada, o pessoal ficou muito triste, eu mesmo fiquei triste, mas depois entendi tudo aquilo que aconteceu. Essas coisas de que alguém queria brigar, de que alguém partiu para cima, isso é tudo mentira", garantiu.

 
Andreas Pereira explica paixão pelo Santos e diz: 'Vou chorar no dia em que jogar lá'
Comentários