Futebol Brasileiro

Patrocinador rescinde contrato com quatro grandes do Rio e Maracanã

Azeite Royal quer fazer reestruturação diante da pandemia do novo coronavírus 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Botafogo estampava marca do patrocinador na parte de frente da camisa(Vitro Silva / Botafogo F.R)

Botafogo estampava marca do patrocinador na parte de frente da camisa | Vitro Silva / Botafogo F.R

Neste sábado (21), Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco, mais o Maracanã, foram comunicados da rescisão de contrato com um patrocinador comum entre eles. O Azeite Royal tomou tal decisão diante da crise econômica que está sendo iniciada pela pandemia do novo coronavírus.

A empresa entende que, em um momento com os campeonatos paralisados, não existe motivo para o invetimento nos times de futebol. Além disso, consideram que as prioridades agora devem ser outras. A ideia, no entanto, é renegociar com os clubes conforme caminhar o andamento da crise no país.

"Tomamos a decisão de rescindir com todos os clubes e também com o Maracanã até por tudo que estamos passando. Fizemos uma reunião de conselho e com o marketing. Os campeonatos estão parados e não temos porque manter esse investimento. Vamos focar nesta crise mundial com os supermercados, que são os que precisam desse tipo de ação. No momento, a prioridade é outra. A crise é para todos. Depois, sentamos e conversamos para um novo contrato", explicou Eduardo Giraldes, empresário e dono do Azeite Royal, ao Globo Esporte.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O Botafogo carregava a marca no espaço de patrocinador master, na parte da frente da camisa. No Fluminense, ela era exibida na barra das costas, onde também aparecia no uniforme do Vasco, mas acima do número dos jogadores. Já no Flamengo, o nome podia ser visto nos meiões dos atletas.

 
Após testar negativo para o coronavírus, Jorge Jesus é flagrado praticando corrida
Comentários