Futebol Brasileiro

Pelaipe é pego de surpresa ao saber de demissão do Flamengo por e-mail

Gerente de futebol havia acertado sua renovação com o clube ao final da temporada de 2019

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Paulo Pelaipe e Marcos Braz tinham relação bastante próxima nos bastidores do clube(Alexandre Vidal / Flamengo)

Paulo Pelaipe e Marcos Braz tinham relação bastante próxima nos bastidores do clube | Alexandre Vidal / Flamengo

Na noite desta segunda-feira (06), uma notícia mexeu com os bastidores do Flamengo. Paulo Pelaipe, então gerente de futebol rubro-negro, foi demitido do clube e ficou sabendo do ocorrido através de um e-mail da equipe de Relações Humanas do clube.

Em dezembro, o profissional havia encaminhado sua permanência na Gávea depois de conversas com Marcos Braz, vice-presidente de futebol flamenguista, e o diretor Bruno Spindel. A informação foi divulgada inicialmente pelo 'Globo Esporte'. Em contato com o Esporte Interativo, Pelaipe não quis dar detalhes do caso e apenas confirmou 'o que está aí'.

O motivo da saída do dirigente seria o atrito com o vice-presidente de relações externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, o BAP (de quem partiu a decisão). Informações dão conta de que os dois tiveram diversas discussões ao longo de 2019, ano em que o Flamengo conquistou Campeonato Carioca, Libertadores e Brasileirão. 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Esta foi a segunda passagem de Paulo Pelaipe pela instituição carioca. Anteriormente, ele havia trabalhado com Eduardo Bandeira de Mello em 2013, quando a equipe acabou conquistando a Copa do Brasil. 

O Flamengo, inclusive, cancelou uma entrevista coletiva que estava marcada para esta terça-feira (07), no Ninho do Urubu, com Spindel e Braz. Ainda não há a definição de nenhum novo nome para ocupar o cargo em 2020. 

Comentários