Futebol Brasileiro

Pelé pede permanência de Sampaoli no Santos: 'Importante que fique mais tempo'

O Rei do Futebol, Pelé, reclamou das mudanças constantes de treinadores no futebol brasileiro e revelou torcida para que o argentino Jorge Sampaoli siga no comando do Santos em 2020

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Pelé chamou atenção para a quantidade de estrangeiros no Santos; foram sete contratados nos últimos dois anos(Getty Images)

Pelé chamou atenção para a quantidade de estrangeiros no Santos; foram sete contratados nos últimos dois anos | Getty Images

A permanência de Jorge Sampaoli no Santos recebeu um apoio de peso: o Rei do Futebol, Pelé. Em meio à indefinição sobre o trabalho do argentino, o eterno camisa 10 do Peixe criticou a troca constante de treinadores no futebol brasileiro.

"Olha, eu acho que ele é um excelente técnico. Eu sempre fui a favor. Por que no nosso tempo não tinha essa mudança de técnico nem de jogadores com essa velocidade que tem hoje, né? Você começa a ver o jogador, de repente ele já está na Europa. Já está no outro time. Então, eu acho que o mais... (Queria que ele ficasse?) Exato, que para o trabalho do técnico no clube com a equipe, é importante que ele fique mais tempo", afirmou ao 'Globo Esporte'.

Para o Rei, um ponto que chama a atenção é a quantidade de estrangeiros no elenco do Peixe. Somente nos últimos dois anos, foram sete "gringos" trazidos pelo clube, sendo quatro na atual temporada: os atacantes Uribe e Soteldo, o zagueiro Aguilar e o meio-campista Cueva. Além disso, o eterno camisa 10 lamentou a impossibilidade da conquista de um título em 2019.

Quer ganhar um vale-presente de R$100,00 para comprar qualquer produto na Americanas.com? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos. É grátis!

"Você sabe que eu já critiquei, já fiquei preocupado, mas acho que pelas condições e pelo tempo que ele teve, e pela primeira vez eu acho que tem num time brasileiro tantos estrangeiros (risos). Não é? Então, você vê a dificuldade para fazer uma equipe só com os jogadores brasileiros. E vê a dificuldade do técnico para pegar jogadores de lugares diferentes como tem o Santos. Infelizmente não deu para ser campeão, não vai dar pra ser campeão. Eu acho que não dá mais. Mas eu acho que nesse trabalho que ele fez, nesse ano, foi um bom trabalho", analisou.

Comentários