Futebol Brasileiro

Petraglia vai às redes sociais criticar Athletico: 'Time de bairro'

O presidente do clube paranaense definiu a instituição como 'time de bairro' mais de uma vez e também criticou a torcida

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Petraglia não poupou palavras para criticar o Furacão(Divulgação/Athletico)

Petraglia não poupou palavras para criticar o Furacão | Divulgação/Athletico

Na noite do último sábado (18), Atlético-GO e Athletico-PR se enfrentraram pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Goiânia, e o jogo acabou empatado em 1 a 1. Minutos depois de ter chegado ao fim, o presidente do clube paranaense, Mário Celso Petraglia, foi às suas redes sociais criticar o time que comanda, declarando que sua "competência está no limite de transformar um time de bairro em campeão brasileiro por duas vezes". Confira:

Com alguns torcedores comentando sobre sua posição em seu perfil do Twitter, Petraglia seguiu com as críticas também direcionadas à torcida. Em uma das respostas, o mandatário questionou o direito dos torcedores de cobrarem algo. "Nunca tivemos nosso estádio cheio, só em finais... há muito tempo já defini a nossa torcida", escreveu.

Torcida? O que além de encherem o saco fizeram? Nada! Não me façam me arrepender pelo que fiz para esse time de bairro que em 70 anos treinava na praça na frente da belíssima baixada!", declarou Petraglia em outra resposta.

O presidente seguiu recebendo diversas respostas de torcedores de vários clubes, não somente athleticanos. Sendo assim, fez uma última publicação em que escreve: "Deu, paro por aqui, meu ouvido não é...", dando a entender que não responderia a mais comentários. E foi o que aconteceu.

Vale relembrar que Petraglia já havia ido às redes sociais criticar o clube em outra ocasião, no último mês, responsabilizando os jogadores que foram vendidos pelo momento de oscilação que o Athletico passa. 

 
Na Arena da Baixada, Christian marcou o gol da vitória do Athletico sobre o Bahia 
Comentários