Futebol Brasileiro

Pimpão cobra R$ 1,2 milhão do Botafogo na Justiça por salários atrasados

Atacante cobra o recebimento do salário de dezembro, o 13º, férias na CLT,  direitos de imagem e FGTS

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Rodrigo Pimpão é o maior artilheiro da história do Botafogo na Libertadores I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Rodrigo Pimpão é o maior artilheiro da história do Botafogo na Libertadores I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

O Botafogo vai ter que enfrentar mais um processo trabalhista. Desta vez, o atacante Rodrigo Pimpão, que defendeu o Alvinegro por cinco temporadas e atualmente joga no CSA, está cobrando R$ R$ 1.231.927,26 na Justiça. O processo corre na 74ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Segundo o advogado do jogador, Pimpão deixou o clube no ano passado sem receber o salário de dezembro, o 13º, férias na CLT, além de três meses de direitos de imagem e depósitos de FGTS.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

As duas partes tentaram conversar no último dia 15, mas não chegaram a um acordo. Agora, o próximo encontro deve ocorrer em junho. Com a pandemia do novo coronavírus, o processo deve ter um pequeno atraso. Com a camisa do Botafogo, Pimpão jogou 196 partidas e marcou 28 gols, além de ser o artilheiro do Alvinegro na história da Libertadores.

 
Marcelinho explica briga com Vanderlei Luxemburgo
Comentários