Futebol Brasileiro

Pior ataque da Série A, Santos desafia 'pé torto' contra time 3 vezes mais barato

Time treinado por Jesualdo Ferreira tem o pior ataque entre os 20 clubes do Brasileirão em 2020; estreia na Libertadores é contra o Defensa y Justicia, da Argentina, às 19h15 (de Brasília)

Avatar del

Por Leonardo Ferreira

Time praiano marcou apenas seis gols no ano(Alan Morici/AGIF)

Time praiano marcou apenas seis gols no ano | Alan Morici/AGIF

O Santos entra em campo nesta terça-feira (03), contra o Defensa y Justicia, da Argentina, pela estreia da Libertadores, para desafiar um estigma do clube na atual temporada: o de "pé torto".

Até aqui em 2020, os comandados por Jesualdo Ferreira marcaram míseros seis gols nas oito partidas que disputaram, colocando o ataque santista como o pior deste início de ano dentre os 20 times que integram a Série A do Campeonato Brasileiro.

A situação só não é mais preocupante porque o Vasco, de Abel Braga, é o clube menos eficiente ofensivamente, já que sua média é de 0,7 gol por partida, contra 0,75 do Santos. Os cariocas jogaram dez vezes e foram às redes em apenas sete oportunidades nesta temporada.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

A ínfima efetividade do ataque santista tem explicação: a baixa produção de jogadas ofensivas e número de finalizações.

Segundo dados extraídos do site 'Footstats', o Peixe é apenas o 11º time que mais tenta chutes à meta adversária no Campeonato Paulista, com 89 totais. Ele fica atrás, por exemplo, de equipes como Inter de Limeira, Mirassol, Ferroviária, Novorizontino e seus três maiores rivais.

A título de comparação, o São Paulo, que é o detentor do posto de maior finalizador do torneio estadual, chutou 155 vezes, ou seja, 66 a mais do que o Santos no mesmo número de jogos. Além disso, Palmeiras e Corinthians também já ultrapassaram a marca de 100 finalizações, algo que os praianos ainda não conseguiram.

Entretanto, não é apenas a baixa estatística com relação aos chutes que assusta o torcedor santista. No quesito índice de acerto, por exemplo, o Santos é o segundo pior do Paulistão: 31,5%, à frente apenas da Inter de Limeira, que tem 27,4%.

Muito disso pode ser explicado pelo maior número de tentativas de fora da área, do que dentro dela. Dos 89 chutes, 46 foram à longa distância, inclusive, colocando o Alvinegro como um dos cinco times do Campeonato Paulista a estarem sob essas condições - Inter de Limeira, Botafogo, Guarani, Água Santa e Oeste são os outros.

Adversário "baratinho"

Rival do Santos na estreia da Libertadores, o Defensa y Justicia chega ao grupo G como um dos "azarões" em busca de uma classificação para o mata-mata na primeira participação de sua história na Libertadores da América.

Prova disso é a comparação até com o próprio Santos na questão de valor de mercado. Segundo o site especializado 'Transfermarkt', o time argentino custa 22,8 milhões de euros, enquanto que os brasileiros valem 61,9 milhões de euros, ou seja, quase três vezes mais barato.

A discrepância também é evidenciada se compararmos os atletas mais valiosos de cada elenco. O ponta Nahuel Barrios, emprestado pelo San Lorenzo, custa 3 milhões de euros, de acordo com o site, enquanto que o venezuelano Yeferson Soteldo tem um valor de mercado de 10 milhões de euros.

 
Felipe Melo acerta solada em Yuri Alberto, do Santos
Comentários