Futebol Brasileiro

Por Libertadores e camisa 10, Pedrinho deve ficar até junho no Corinthians; veja detalhes da negociação com o Benfica

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Pedrinho deve deixar o Corinthians, mas apenas no meio do ano(Getty Images)

Pedrinho deve deixar o Corinthians, mas apenas no meio do ano | Getty Images

O Corinthians deve perder Pedrinho, mas a tendência é que o jogador permaneça, pelo menos, até junho no Parque São Jorge. Quem garante isso é Will Dantas, empresário do meia-atacante, que trata de sua ida para o Benfica, de Portugal.

Em entrevista ao programa De Placa, na manhã desta sexta-feira (30), o agente afirmou que ainda haverá uma reunião à tarde e nela poderá haver uma definição sobre o futuro do jogador.

Segundo Dantas, Pedrinho só iria para a equipe portuguesa após a disputa das primeiras fases da Copa Libertadores da América, torneio que o atleta sempre sonhou em disputar. Além disso, ele vestirá a camisa 10 do Corinthians em 2020, algo que seduziu a cria da base.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Creio que nesta janela não (vai haver negócio), porque uma das coisas que eu pedi foi que ele ficasse até o meio do ano, para ajudar o clube na Libertadores. O pedido está sendo aceito. Vamos esperar a reunião e ver o que vai ser resolvido", comentou.

"Sugeri que o Giuliano (Bertolucci, outro empresário do jogador) colocasse isso ao Benfica, pois o prazo está muito curto. Só temos até amanhã (fechamento da janela de transferências de inverno na Europa). O Pedrinho está lá na Colômbia com a Seleção e, além disso, seria bacana que ele jogasse até o meio do ano no Corinthians. Era um sonho dele jogar a Libertadores, jogar com a 10. Até para a imagem dele seria bacana. Resta saber se o pessoal vai aceitar. Antes de chegar nesse ponto, eles têm que se acertar nos valores", completou.

O principal travamento na negociação é o aspecto financeiro. O Corinthians quer receber 25 milhões de euros (cerca de R$ 117 milhões, pelas cotações atuais) por Pedrinho, enquanto que o Benfica oferece 20 milhões de euros (R$ 94 milhões), além do atacante Yony González. Em princípio, o Timão não quer a introdução do colombiano no negócio.

A primeira proposta lusitana, segundo Dantas, havia sido 15 milhões de euros (R$ 70 milhões), mais González, com o valor de 5 milhões de euros (R$ 23,5 milhões), algo que foi prontamente recusado por Andrés Sanchez. O time paulista agora aceita negociar por 20 milhões de euros, caso o pagamento seja à vista.

Caso o negócio seja fechado nesses moldes, o Timão embolsaria cerca de R$ 65 milhões, uma vez que possui 70% dos direitos econômicos de Pedrinho. 

 
Comentários