Futebol Brasileiro

Presidente da Federação Paulista garante que campeonato será concluído no campo

Reunião vai discutir próximos passos para o futuro do Paulistão

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

1/2
Presidente da FPF garante Paulistão terminado no campo(Getty Images)

Presidente da FPF garante Paulistão terminado no campo | Getty Images

Presidente da Federação Paulista garante que campeonato será concluído no campo

Presidente da Federação Paulista garante que campeonato será concluído no campo

O Campeonato Paulista será decidido no campo. É o que garantiu o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos. A entrevista foi à 'Fox Sports'. O dirigente da entidade falou sobre uma reunião na próxima quarta-feira (15) que definirá os próximos passos da competição.

Apesar de alguns não acreditarem ou quererem, todos os campeonatos que começaram vão terminar. Isso é fato. É a grande vontade da maioria dos clubes, mas só vamos voltar a jogar de acordo com as orientações da medicina, da ciência e das autoridades públicas. Não tem asteriscos, vamos terminar, não sabemos quando, não estamos marcando data, dia, hora, mas não há nenhuma possibilidade de casuísmo, de decidir com a caneta. Futebol se decide dentro de campo e é assim que ele será decidido, dentro de campo."

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Apesar de saber que vamos enfrentar enormes dificuldades, os estaduais são mais simples de retornar: não têm avião, aeroporto, viagem interestadual ou internacional. O futebol de São Paulo é cumpridor dos seus compromissos. Nós vamos entregar todas as competições que já começamos. Nada está descartado. Qualquer hipótese será analisada", complementou o mandatário.

Vale lembrar que o Paulistão foi paralisado no dia 16 de março, na décima rodada. Faltariam ainda dois jogos para o término da fase de grupos, as quartas, as semis e a final. Além da definição de dois rebaixados.

 
Leandro Castan, sobre salários no Vasco: 'Como vou falar de maio, se não recebemos janeiro, fevereiro e março?'
Comentários