Futebol Brasileiro

Presidente do Santos se defende após ser acusado no STJD: 'Não ofendi ninguém'

José Carlos Peres foi acusado por 'desrespeitar membros da equipe de arbitragem' e pode pegar suspensão de até  seis meses

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

José Carlos Peres é presidente do Santos desde o começo de 2018(Ivan Storti/Santos FC)

José Carlos Peres é presidente do Santos desde o começo de 2018 | Ivan Storti/Santos FC

O presidente do Santos, José Carlos Peres, se defendeu da acusação feita pelo STJD por declarações sobre o VAR. O mandatário santista foi denunciado por "desrespeitar membros da equipe de arbitragem".

"Não ofendi ninguém. Apenas disse o que eu acho sobre o VAR. Não falei que o Flamengo é culpado. Queria estar no lugar do Flamengo. É questão dos juízes… VAR veio para ajudar, mas é a mesma coisa de dar uma Porsche para quem não sabe dirigir. Vão falar que errada é a Porsche", disse o presidente santista, em entrevista à 'Gazeta Esportiva'.

Peres foi denunciado no STJD com base no Artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e, se for considerado culpado, vai pegar suspensão de 15 a 180 dias. A declaração que fez o mandatário ir aos tribunais foi de que "se depender do VAR, o Flamengo vai ser campeão".

Assista ao Brasileirão no EI Plus!

Comentários