Futebol Brasileiro

Previsão orçamentária do Palmeiras repete resultados esportivos de 2019 e projeta 60 milhões de reais em vendas

A projeção esportiva do Alviverde é a de utilizar mais jogadores da base, vender atletas e conquistar, no mínimo, os mesmos resultados no campo de 2019

Avatar del

Por Rodrigo Fragoso

Palmeiras espera diminuir em 14% os gastos com o futebol profissional(Divulgação)

Palmeiras espera diminuir em 14% os gastos com o futebol profissional | Divulgação

O ano de 2020 vai começar e a reportagem do Esporte Interativo teve acesso à previsão orçamentária criada pelo Palmeiras para a temporada. A projeção esportiva do Alviverde para o ano é que o clube chegue, no mínimo, nas semifinais do Paulista, nas quartas de final da Copa do Brasil e da Libertadores, e que fique dentro do G4 do Campeonato Brasileiro - exatamente o que ocorreu em 2019.

Além disso, o clube espera diminuir em 14% o gasto com o futebol profissional, dando mais visibilidade para jogadores criados nas categorias de base do Alviverde. Outro ponto de destaque na previsão é que o Palmeiras pretende arrecadar no mínimo 60 milhões de reais com a venda de jogadores. No total, o Verdão teria superávit de 12 milhões de reais no ano de 2020.

Até o momento, o Verdão apenas anunciou a subida de jogadores da base para o profissional, ainda sem reforços. De saídas, já confirmados estão Fernando Prass (que não renovou), Edu Dracena (aposentando), Antônio Carlos e Thiago Santos (ambos rumo ao futebol estadunidense). A expectativa é que Borja (possivelmente emprestado ao Olimpia) e Carlos Eduardo também deixem o clube.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Comentários