Futebol Brasileiro

Raí e Pássaro falam sobre situação de Igor Gomes, Cavani e Miranda no São Paulo

Os executivos do São Paulo, Alexandre Pássaro e Raí, explicaram sobre o possível interesse de europeus em Igor Gomes, além de esclarecerem os casos de Miranda e Cavani no clube

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Igor Gomes é um dos jogadores que andam despertando o mercado da bola(Bruno Ulivieri/AGIF)

Igor Gomes é um dos jogadores que andam despertando o mercado da bola | Bruno Ulivieri/AGIF

Em época de paralisação do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus, o mercado da bola vem sendo o centro das atenções. Isso porque os clubes estão aproveitando para pensar em reforços para a próxima janela de transferências, observando jogadores de todo o mundo. E Igor Gomes, do São Paulo, é um dos alvos.

Em entrevista ao 'GloboEsporte.com', Raí, diretor-executivo de futebol, e Alexandre Pássaro, gerente-executivo do Tricolor, esclareceram sobre o possível interesse do Real Madrid no meio-campista.

Igor Gomes é um jogador que está despertando a atenção dos clubes europeus, mas não teve nenhum contato oficial. É uma realidade que ele está despertando interesse, já falei com amigos europeus, que comentam, mas é só isso", explicou Raí.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Pássaro completou que não houve nenhum contato oficial por parte do Real Madrid e de qualquer outro clube, e que apesar dos merengues com certeza acompanharem Igor Gomes, não há nada encaminhado.

Já quando questionados sobre a possibilidade de ter Cavani na equipe do São Paulo, após a declaração de Lugano, diretor de relações institucionais do Tricolor, tomar conta dos veículos de imprensa, Raí disse que, no momento, o clube não pensa e nem tem condições para contratá-lo.


O Lugano tem proximidade por ser da mesma nacionalidade, por ser amigo, por ter convivido bastante. A colocação é a seguinte: se tiver alguma possibilidade, o que é muito difícil, de o Cavani vir para a América do Sul, a possibilidade de o Cavani conversar com o Lugano, como já deve ter conversado muitas vezes, é gigante. Mas não precisa nem ter dúvidas, nesse momento o São Paulo não pensa e não tem condições. E acredita muito no elenco".

Pássaro aproveitou para pontuar que a fala do uruguaio foi tirada de contexto. "O que o Lugano disse foi: 'Olha, se houver essa possibilidade de ele vir para o Boca, com certeza antes eu vou forçá-lo a ir para o São Paulo'. Ele não disse que o Cavani estava vindo, se estava negociando. Isso foi tirado de contexto".

O gerente-executivo ainda disse que, desde a contratação de Ronaldo para o futebol brasileiro, muitas negociações são surpresas para as pessoas no início, mas depois dá para viabilizar. Contudo, continuou dizendo que, hoje, não existe nada.

Outro questionamento feito aos são-paulinos foi sobre a possibilidade de volta do zagueiro Miranda ao clube, já que o contrato dele no Jiangsu Suning, da China, se encerra no próximo ano.


Alexandre Pássaro declarou que o jogador é uma pessoa completamente inserida no ambiente são-paulino e que está em contato com o Tricolor frequentemente.

Claro que tudo que o São Paulo faz, até como obrigação da instituição, é deixar as portas abertas. O que o Miranda tem hoje no São Paulo é a mesma coisa que o Lucas Moura tem e a mesma coisa que o Hernanes tinha, são as portas abertas. Não se esqueçam que aqui é a casa de vocês, que o dia que vocês quiserem voltar, se houver a possibilidade financeira, de elenco, vocês estarão muito mais que bem-vindos", destacou Pássaro.

Raí completou que não conhecia Miranda, mas se espanta com a relação dele com a instituição. "É impressionante o amor do Miranda pelo São Paulo, como ele se sente em casa, é realmente impressionante. Aproveito para falar bem dos nossos zagueiros, que têm uma qualidade gigantesca. Quem não gostaria de ter Arboleda, Bruno Alves, Anderson Martins, Walce, entre outros zagueiros?".

 
EXCLUSIVO! Miranda diz que, no Brasil, prefere jogar em São Paulo ou Coritiba e diz que planeja retorno ao país em 2021
Comentários