Futebol Brasileiro

Ralf diz que Corinthians é página virada e mostra comprometimento com o Avaí

Durante apresentação no Avaí, Ralf disse que o objetivo é conquistar títulos pelo clube, e afirma que o Corinthians está no passado

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Ralf foi apresentado no Avaí nesta sexta-feira (29)(André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Ralf foi apresentado no Avaí nesta sexta-feira (29) | André Palma Ribeiro/Avaí FC

Nesta sexta-feira (29), o volante Ralf foi apresentado no seu novo clube, o Avaí. Em um hotel em Florianópolis, o time realizou uma live nas redes sociais para a entrevista coletiva do jogador, já que a presença de jornalistas é proibida devido à pandemia do novo coronavírus.

Francisco Battistotti, presidente do Avaí, anunciou a contratação do ex-atleta do Corinthians no último dia 21. Ele chega para reforçar o elenco na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro deste ano, que ainda não tem data para começar.

Durante sua apresentação, Ralf garantiu que o Alvinegro paulista já ficou para trás, e agora é uma "página virada".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Fico feliz, agradeço o esforço da diretoria para me trazer. Aqui é o Ralf do Avaí hoje, o Ralf do Corinthians ficou pra trás. Borracha nenhuma apaga minha história, mas agora é página virada. Tenho meus objetivos. Agora é fazer história com a camisa do Avaí, ajudar o grupo, dar carinho pra essa torcida e colocar o Avaí no lugar de onde nunca deveria ter saído, que é lá em cima", declarou.

O volante estava sem clube desde o início do ano, quando Tiago Nunes assumiu o comando técnico do Timão e não relacionou o jogador em seus planos, fazendo com que o clube não renovasse seu contrato, juntamente com Jadson.

Em relação às metas que Ralf projeta para a sua carreira, o atleta de 35 anos disse que quer ficar no Leão da Ilha por bastante tempo. Além disso, afirmou que um grande objetivo é conquistar títulos.

Não vim para passear ou diversão. Se quisesse diversão, iria para a Disney. Vim para trabalho, para somar, para conquistar títulos, fazer história e ficar o máximo que eu puder aqui".

A diretoria do Avaí explicou que terá ajuda de empresários para bancar o salário de Ralf, que é um jogador caro. O volante deixou o Corinthians como ídolo do clube, após duas passagens de muito destaque, conquistando a Libertadores e o Mundial em 2012, além de uma Recopa Sul-Americana, três Paulistas e dois Brasileiros.

Com uma carreira marcada por nunca ter sido expulso de um jogo e ter sofrido poucas lesões, o atleta do Leão disse que espera manter esse ritmo. "Me cuido muito, faço trabalhos preventivos até por ser do estilo de combate em campo. Tive só uma cirurgia, mas com poucas lesões. Espero manter isso e ter longevidade no Avaí", afirmou Ralf.

 
Luiz Adriano rasga elogios a Luxemburgo: 'Dá aula pra gente'
Comentários