Futebol Brasileiro

Recusa de Gerson à Sub-23 pode afastá-lo da Seleção principal, avalia Juninho

Coordenador de seleções falou que não só o aspecto técnico é avaliado por Tite no momento da convocação

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Gerson foi um dos destaques do Flamengo campeão brasileiro e da Libertadores no ano passado(Via Getty Images 2019)

Gerson foi um dos destaques do Flamengo campeão brasileiro e da Libertadores no ano passado | Via Getty Images 2019

Gerson foi um dos nomes que mais se destacou no segundo semestre do futebol brasileiro em 2019. Não à toa, o nome do volante foi constantemente citado por especialistas e torcedores como um nome que não poderia faltar nas convocações da seleção brasileira de Tite. Porém, vestir a 'amarelinha' pode ter ficado mais longe para o flamenguista. 

Em coletiva, o coordenador de seleções, Juninho Paulista, afirmou que a recusa do atleta à Sub-23 para disputar o Pré-Olímpico pode afastá-lo da Seleção principal. De acordo com ele, na hora da convocação, não é levado em consideração apenas o aspecto técnico de um profissional, apesar de reconhecer que este é sempre o primeiro critério avaliado. 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Tem que saber os momentos, né? Eu acho que tudo é levado em conta, não só o aspecto técnico. A gente olha todo o aspecto. O técnico é o principal, mas tem também o comprometimento, a disponibilidade e o foco. Tudo isso a gente leva em consideração".

Gerson alegou desgaste físico para não aceitar a chamada do técnico André Jardine. Na temporada passada, ele atuou em 40 partidas pela Roma, não teve férias e desembarcou no Rio de Janeiro para defender o Flamengo em 36 oportunidades. A próxima convocação da seleção brasileira será em março, para os jogos das Eliminatórias da Copa, contra Bolívia e Peru. 

Comentários