Futebol Brasileiro

Reintegrado ao elenco, Jucilei diz que foi injustiçado no São Paulo: 'Não sou baladeiro'

Titular no início da temporada, Jucilei ficou afastado do São Paulo por cerca de três meses

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Jucilei não atuava pelo São Paulo desde o dia 21 de abril(Marcello Zambrana/AGIF)

Jucilei não atuava pelo São Paulo desde o dia 21 de abril | Marcello Zambrana/AGIF

A troca de Cuca por Fernando Diniz trouxe novos ares para Jucilei no São Paulo. Antes afastado, o volante voltou a receber chances no clube e foi titular da equipe na vitória contra a Chapecoense. Depois de participar de uma partida pela primeira vez neste Brasileirão, o atleta desabafou e afirmou que foi injustiçado no Tricolor.

"Contrato sempre é para ser cumprido. Fiz quatro anos, estou aqui há dois, tenho mais dois. Pretendo cumpri-lo. Eu não vou citar culpado, eu sei de uma coisa: fui afastado injustamente, pelo fato de eu não ser um cara baladeiro, por não ser um cara que chega atrasado. Geralmente você faz uma cagada dentro do clube e você é afastado. Mas não foi o meu caso. Daqui para frente agora é página virada. Estou muito feliz pela recepção dos jogadores, da diretoria, de todos".

Durante o período afastado, no qual não comparecia nem ao CT da Barra Funda, Jucilei contratou um treinador pessoal para manter a forma física.

Quer ganhar um vale-presente de R$100,00 para comprar qualquer produto na Americanas.com? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos. É grátis!

"Estou me sentindo bem. Nesse período afastado treinei no Rio, peguei um personal. Treinei na praia, joguei bastante futevôlei, que dá condição física. Pude fazer dois períodos e estou preparado. Faltam oito rodadas e serão decisivas. Sabemos do nosso objetivo que é a Libertadores e vaga direta. Vamos em busca dela".

Jucilei ficou cerca de seis meses sem jogar pelo São Paulo. A última partida que o volante havia disputado foi a final do Campeonato Paulista, diante do Corinthians, no dia 21 de abril.

 

Comentários