Futebol Brasileiro

Renato diz que Jean Pyerre tem 'culpa no cartório' por lesão e 'desiste' de André

Em coletiva, treinador falou sobre a situação do meio-campista e do centroavante do Tricolor gaúcho

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Renato em conversa particular com Jean Pyerre durante treinamento do Grêmio(Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Renato em conversa particular com Jean Pyerre durante treinamento do Grêmio | Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato concedeu uma forte entrevista coletiva nesta quarta-feira (22). Perguntado sobre a situação de dois jogadores em específico, o técnico deu aspas esclarecedoras à imprensa. O profissional revelou uma 'culpa no cartório' na longa lesão de Jean Pyerre e 'jogou a toalha' por André.

"Não adianta falar sobre o Jean qual o tipo de conversa, de conselho. Ele sabe também, acima de tudo, que tem culpa no cartório. Vou conversar, falei com ele na frente do grupo e vou ter uma conversa reservada também. Sabe o quanto briguei para trazer aqui para cima. Ele renovou e tem um bom contrato, merecidamente. Precisamos do Jean em campo. Que ele se recupere, volte o mais rápido possível com o grupo para nos ajudar, como foi ano passado".

Jean Pyerre tem uma lesão na coxa direita e, desde setembro, não entra em campo. O jovem ficou ausente dos duelos decisivos com o Flamengo, pela semifinal da Libertadores, e também da reta final do Campeonato Brasileiro. Na última segunda (20), o Grêmio atualizou a situação do seu atleta, informou uma 'regressão' na recuperação e também o surgimento de um 'pequeno edema' no local. Ele continua sem prazo para retorno. 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Depois, Renato opinou sobre o que acontece com André e praticamente confirmou que o camisa 9 não vai ter uma continuidade no clube. O técnico fez uma mea culpa e admitiu que insistiu de forma desnecessária com ele. Por fim, falou que é bom para o centroavante buscar novos ares.

"Fui até criticado, merecidamente, por ter insistido com o André. Fiz de tudo para recuperar o futebol do André, mas não adianta dar soco em ponta de faca. Não tem uma pessoa aqui no Grêmio que não goste do André. Infelizmente, tem jogadores que não se adaptam, não conseguem jogar tudo o que sabem em certos clubes. Infelizmente para o André, a passagem não foi tão boa aqui no Grêmio. Vou ter uma conversa com ele também para explicar, e acho que vai entender. Muitas vezes é melhor trocar de ares".

 
Comentários