Futebol Brasileiro

Ricardo Goulart está isolado na China e aguarda retorno do futebol: 'Não vejo a hora de jogar de novo'

Desde que voltou do Brasil, atacante do Guangzhou Evergrande cumpre quarentena em hotel

Ricardo Goulart é naturalizado chinês e atua pelo Gangzhou Evergrande(Getty Images)

Ricardo Goulart é naturalizado chinês e atua pelo Gangzhou Evergrande | Getty Images

Para se prevenir de uma nova onda de coronavírus, a China voltou a fechar as fronteiras. A decisão começou a valer no dia 28 de março, quando as autoridades chinesas determinaram que nenhum estrangeiro, mesmo com residência ou visto, poderia entrar no país. Com essa determinação, alguns jogadores brasileiros não conseguiram retornar aos seus clubes. Por ser naturalizado chinês, Ricardo Goulart desembarcou no país no começo do mês. Mesmo sem apresentar nenhum sintoma da Covid-19, ainda está em isolamento.

"Eu pude voltar ao país porque agora sou naturalizado chinês. Cheguei aqui e estou cumprindo uma quarentena de 14 dias em um hotel, sozinho, respeitando o estipulado. Espero que em breve tudo fique bem. É difícil ficar sozinho, mas a gente respeita e entende a necessidade. Não sou o único no país que precisa fazer isso, então estou levando na boa", explicou o jogador.

Ricardo Goulart com a esposa Diane e os filhos | Foto: Divulgação/Instagram

Com a paralisação do futebol, sem previsão de retorno, o atacante foi liberado pelo Guangzhou Evergrande para voltar ao Brasil e ficar próximo da família. Ricardo Goulart viajou de volta para a China no dia 3 de abril e, por conta do fechamento das fronteiras, a esposa e os filhos do jogador tiveram que continuar no Brasil. Isolado em um hotel, ele segue a rotina de atividades físicas e conta com a ajuda de um funcionário para comprar as refeições.

"Eu tenho ajuda aqui com alimentação da pessoa que já trabalhava conosco antes, então nesse quesito estou tendo ajuda. Ele traz as comidas dos restaurantes aqui em volta para mim. Com relação a treino, eu sigo fazendo os trabalhos internos. Já fazia bastante no Brasil e sigo por aqui", contou Goulart.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Quando a pandemia de Covid-19 ganhou força na China, Ricardo Goulart estava fora do país, em viagem de pré-temporada com o Guangzhou Evergrande. Apesar dos clubes chineses decidirem voltar aos treinamentos, a Superliga do país ainda não tem data definida para começar. O atacante precisa cumprir o isolamento até a próxima sexta-feira (17). Após essa data, aguarda orientações do clube para também voltar aos treinos.

"No clube está rolando os treinos com os jogadores que estão aqui já há mais de 20 dias, que são daqui. Ainda não tenho uma data específica, creio que depois dessa quarentena de 14 dias aqui no hotel, que acaba na sexta-feira, eu já começo a ter uma noção maior. Por enquanto está indefinido. Estamos aguardando também mais novidades. Eu sou muito tranquilo. Claro que não vejo a hora de jogar de novo, principalmente porque tudo isso aconteceu quando eu estava voltando, treinando forte, mas ja já estamos de volta", analisou o atacante.

 
Fernando Prass diz que não sabe 'se tem tamanho' para um jogo de despedida no Palmeiras


 

  • Palmeiras
  • Ricardo Goulart
  • Guangzhou Evergrande
Comentários