Futebol Brasileiro

Roberto Carlos compara Palmeiras de 93/94 com Real Madrid dos 'Galácticos'

Para o ex-lateral esquerdo Roberto Carlos, que atuou no Palmeiras e no Real Madrid das duas épocas, montagem do elenco do Verdão foi "trabalho perfeito" da diretoria

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Roberto Carlos atuou no Real Madrid com craques como Ronaldo, Zidane, Figo e Beckham(Getty Images)

Roberto Carlos atuou no Real Madrid com craques como Ronaldo, Zidane, Figo e Beckham | Getty Images

O lateral esquerdo Roberto Carlos atuou no Palmeiras entre 1993 e 1995 e conquistou cinco títulos, incluindo dois Campeonatos Brasileiros. Após a passagem pelo Verdão, o atleta foi para a Inter de Milão, onde ficou uma temporada antes de se transferir para o Real Madrid. E para o ex-atleta os elencos do Alviverde em sua época se comparam aos famosos Galácticos dos Merengues.

"Foi um trabalho perfeito da diretoria do Palmeiras na época. Contratar grandes jogadores. É isso que se faz quando quer ser campeão. Pode-se comparar aquele Palmeiras com os Galácticos do Real Madrid. Até porque, se pegarmos a nossa equipe, a maioria era convocado para a seleção brasileira. Não tinha como", afirmou à 'Fox Sports'.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Nos Galácticos, o Real Madrid juntou nomes como Raúl, Zidane, Beckham, Ronaldo, Figo e o próprio Roberto Carlos. No Palmeiras de 1993 e 1994, o lateral esquerdo jogou ao lado de Rivaldo, Edílson Capetinha, Evair, Edmundo, Zinho, César Sampaio e Flávio Conceição. Para Roberto Carlos, muito do Verdão daquela época se deve ao técnico Vanderlei Luxemburgo.

"O professor é um fenômeno. Me ensinou tudo no futebol. Tive bons professores em Araras, mas aprendi tudo no Palmeiras. Foi onde eu tive projeção. Ele é fantástico e desejo muita sorte para ele. Vai continuar ganhando, até porque é um dos melhores que eu tive em toda a minha carreira", garantiu.

 
'É muito difícil o Marcelo sair do Real', revela Alê Oliveira
Comentários