Futebol Brasileiro

Santos é o time que mais lucrou com vendas de jogadores da base na década

Impulsionadas pelas transações de Neymar (2013) e Rodrygo (2019), as transferências de jogadores da base do Santos chegam a mais de 200 milhões de euros

Avatar del

Por Rafael Perez e Carlos Eduardo Alves

Venda de Rodrygo ao Real Madrid foi fechada por 45 milhões de euros em 2019(Marcello Zambrana/AGIF)

Venda de Rodrygo ao Real Madrid foi fechada por 45 milhões de euros em 2019 | Marcello Zambrana/AGIF

Uma das maiores fontes de receitas dos clubes brasileiros é, inegavelmente, a venda de jogadores. Muitas equipes têm como prática negociar jogadores para equilibrar as contas. Diante disso, o Esporte Interativo buscou as vendas das equipes para definir qual equipe mais lucrou com vendas de jogadores formados em suas categorias de base na década.

Vale ressaltar que o critério adotado foi considerar o valor total da negociação (não somente a porcentagem que foi destinada ao clube) e contabilizar apenas a primeira transferência da carreira. Por exemplo, no caso do atacante Jô, seria contabilizada ao Corinthians apenas a venda para o CSKA Moscou (2005), sendo descartada a transferência ao Nagoya Grampus (2018).

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Nesse cenário, o Santos apareceu como a equipe que mais movimentou dinheiro com a venda de jogadores formados na base desde 2010. Impulsionadas por Neymar, em 2013, e Rodrygo, em 2019, as transferências do Santos movimentaram um total de 223 milhões de euros (1,04 bilhão de reais). Todos os dados foram coletados no 'Transfermarkt' e os valores são de acordo com a cotação atual da moeda.

No total, o Peixe negociou 15 jogadores da base neste período. As transações mais caras do time da Vila Belmiro foram as de Neymar (88,2 milhões de euros), Rodrygo (45 milhões de euros) e Gabigol (29,5 milhões de euros).

Depois do Santos, Flamengo (142 milhões de euros) e São Paulo (121 milhões de euros) aparecem como as equipes que mais movimentaram dinheiro com transferências de jogadores da base. Grêmio, Fluminense, Athletico Paranaense, Internacional, Atlético-MG, Palmeiras e Cruzeiro completam o top 10.

Confira os 10 brasileiros que mais movimentaram dinheiro com jogadores da base na última década:

 

POSIÇÃO EQUIPE TOTAL EM VENDAS NÚMERO DE VENDAS
Santos

€ 223,3 milhões

(R$ 1,04 bilhão)

15 vendas
Flamengo

€ 141,7 milhões

(R$ 664,5 milhões)

9 vendas
São Paulo

€ 121,3 milhões

(R$ 568,8 milhões)

15 vendas
Grêmio

€ 80,6 milhões

(R$ 378 milhões)

11 vendas
Fluminense

€ 74,5 milhões

(R$ 349,4 milhões)

12 vendas
Athletico

€ 70,7 milhões

(R$ 331,5 milhões)

14 vendas
Internacional

€ 66,7 milhões

(R$ 312,8 milhões)

14 vendas
Atlético-MG

€ 58,1 milhões

(R$ 272,4 milhões)

10 vendas
Palmeiras

€ 50,7 milhões

(R$ 237,7 milhões)

8 vendas
10º Cruzeiro

€ 49 milhões

(R$ 229,8 milhões)

17 vendas

 

 
Comentários