Futebol Brasileiro

Satisfeito com empate, Renato diz que Grêmio 'não viu bola' no primeiro tempo

Flamengo abriu o placar com Bruno Henrique, mas Pepê marcou o gol de empate para o Grêmio no fim do jogo

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Renato Gaúcho tenta mais um título de Libertadores com o Grêmio(Buda Mendes/Getty Images)

Renato Gaúcho tenta mais um título de Libertadores com o Grêmio | Buda Mendes/Getty Images

Ficou de bom tamanho para o Grêmio o empate em 1 a 1 com o Flamengo no primeiro jogo da semifinal da Libertadores. É o que declarou o próprio técnico da equipe gaúcha, Renato Portaluppi. Após o confronto, em entrevista coletiva, o treinador admitiu a superioridade do rival na primeira etapa e se mostrou satisfeito com o placar.

"O Flamengo foi muito melhor que a gente no primeiro tempo. O Grêmio não viu a bola. O Flamengo praticamente perdeu a chance de garantir a classificação. Só assistimos ao Flamengo jogar. Os gols foram anulados todos bem. O VAR está aí para isso. O Flamengo perdeu uma grande oportunidade de sair daqui com um resultado melhor", disse.

Renato destacou a ausência de quatro titulares - Leonardo, Geromel, Maicon e Jean Pyerre - e manteve o otimismo para a partida de volta, que acontece no dia 23 de outubro, no Maracanã. 

"Estávamos sem quatro jogadores importantíssimos. Não que esteja me queixando, mas o entrosamento é difícil. Voltamos melhor no segundo tempo e, no melhor momento na partida, o Flamengo fez o gol. Mas nós continuamos brigando, conseguimos o gol. Pelo que aconteceu, foi bom o 1 a 1. Mas só quero lembrar que o jogo ainda não acabou. Tem mais 90 minutos", completou.

No jogo de volta, o Grêmio precisa de uma vitória ou qualquer empate acima de 2 a 2. Já o Flamengo pode ir à decisão até em caso de um 0 a 0. 

Comentários