Futebol Brasileiro

'Se a antiga diretoria ainda estivesse no Cruzeiro, eu não voltaria', afirma Moreno

Em entrevista ao 'Fora de Jogo', atacante afirma que torcida precisa cobrar os responsáveis pela 'falência' do clube

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Marcelo Moreno é um dos principais jogadores do Cruzeiro I Foto: Alessandra Torres/AGIF

Marcelo Moreno é um dos principais jogadores do Cruzeiro I Foto: Alessandra Torres/AGIF

Marcelo Moreno está em sua terceira passagem com a camisa do Cruzeiro e é um dos principais jogadores do elenco atual. Em entrevista ao "Fora de Jogo", do Esporte Interativo, o atacante afirmou que os torcedores da Raposa precisam cobrar os responsáveis pela gestão da temporada passada e revelou que não voltaria ao clube caso a antiga gestão ainda estivesse no comando.

Voltaria para o Cruzeiro, mas sem eles (antigos gestores). Se eles estivessem lá, acho que eu não ia voltar. Não ia ser o momento certo para voltar".

"Sempre falo que é importante virar a página de um problema que vem do ano passado. É o momento da gente punir essas pessoas que fizeram isso com o Cruzeiro, mas sem deixar afetar o elenco desse ano. Essas coisas os torcedores têm que cobrar, não pode ter memória curta e esquecer que faliram o Cruzeiro. Torcedor tem que cobrar".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O futebol em todo o mundo foi paralisado por causa da pandemia do novo coronavírus. Para o boliviano, essa pausa já está sendo muito prejudicial para os jogadores e clubes, principalmente se tratando de aspectos físicos e técnicos.

"Já está sendo muito difícil, só com essa parada forçada. No melhor momento fisicamente ter que parar por um tempo. Acredito que a gente vá demorar para alcançar o bom nível físico e técnico.  Dificulta para todos. Aqui vai ser assim: quem se preparar melhor, vai chegar em melhores condições nas finais".

Marcelo Moreno teve o corpo pintado em sua apresentação I Foto: Alessandra Torres/AGIF

Confira outros trecho da entrevista de Marcelo Moreno:

- CORPO PINTADO NA APRESENTAÇÃO

"O Cruzeiro achou muito maneiro, uma sacada de marketing. Acho que vocês da imprensa adoraram. Quem pintou fez um trabalho incrível, porque fizeram idêntico. Eu acredito que esse tipo de coisa deixa o Cruzeiro ser visto pro mundo todo porque essa reportagem girou o mundo e a gente nem esperava. A gente fez por loucura, por amor ao Cruzeiro".

- QUASE ACERTO COM O SANTOS

"Quase fechei. Já estava tudo pronto para eu voltar para o Brasil. Foi  há dois anos. Estava com contrato na mão, mas o clube chinês não queria me liberar ainda. Eu era o goleador do campeonato. Não deu certo por isso. Tava tudo certo entre jogador e clube. Foram detalhes".

- ROTINA DE TREINAMENTOS

"O Cruzeiro manda sempre a orientação de seguir alguns treinos, e a gente tenta seguir. Obviamente que está todo mundo de férias. Então férias é férias. Se você quiser fazer churrasco, tomar cerveja, comer besteira.. pode fazer. Mas é bom manter a forma para estar por cima quando voltar o campeonato. Estou mantendo meu trabalho sim. Está tudo fechado, então você não consegue treinar em campo, mas eu estou tentando me virar em casa. Eu tenho meu preparado físico particular".

 
Bandeira compara 'Flamengos' de 1981 e 2019: 'Esse não tem concorrente'
Comentários