Futebol Brasileiro

'Se o avião da Chapecoense caiu, a culpa não é do Goiás', diz Hailé Pinheiro

O presidente do Conselho Deliberativo do Goiás, Hailé Pinheiro, usou a tragédia da Chapecoense para reclamar da arbitragem e um suposto favorecimento aos catarinenses

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Hailé Pinheiro é presidente do Conselho Deliberativo do Goiás(Divulgação)

Hailé Pinheiro é presidente do Conselho Deliberativo do Goiás | Divulgação

O presidente do Conselho Deliberativo do Goiás, Hailé Pinheiro, usou a tragédia aérea da Chapecoense, em 2016, para criticar a arbitragem e um suposto 'favorecimento' à equipe catarinense. A entrevista foi concedida à 'Rádio Bandeirantes'.

Ajudar o Corinthians? Vá lá ainda, é o Corinthians... Ajudar a Chapecoense que está caindo pelas tabelas? Se o avião da Chapecoense caiu, o Goiás não foi culpado disso. Tem que acertar é com quem derrubou o avião, não fomos nós não".

O dirigente do Esmeraldino segue reclamando da arbitragem e ainda pede ajuda à Federação Goiana.

"Estou muito revoltado com isso. Só uma pessoa pode ajudar aqui, o presidente da federação. Tem que botar a boca no trombone, protestar... Sozinho nós não aguentamos".

As declarações de Hailé Pinheiro acontecem um dia após o Goiás empatar com a Chapecoense na Arena Condá. O time da casa saiu ganhando por 2 a 0, mas cedeu o empate.

Comentários