Futebol Brasileiro

Sette Câmara concede entrevista e dispara: 'Isso aqui não é a casa da mãe Joana'

Presidente atleticano falou sobre as mudanças na gestão, comissão técnica e sobre confiança nos jogadores

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Presidente do Atlético fala em coletiva sobre mudanças no clube(Reprodução / Atlético)

Presidente do Atlético fala em coletiva sobre mudanças no clube | Reprodução / Atlético

O presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (28). Entre os assuntos, o dirigente alvinegro abordou a mudança na comissão técnica e a gestão do clube, além de reafirmar sua confiança no elenco.

Ao ser perguntado sobre um boato que surgiu em que os jogadores estariam pedindo a volta de Dudamel, o presidente foi suscinto: 

"Isso aqui não é a casa da mãe Joana. Quando eu tomo uma decisão, está tomada e ponto final. Isso jamais aconteceria"

Sette Câmara ainda não perdeu as esperanças e afirmou: "Enquanto eu estiver no Atlético, com todos os problemas que estamos enfrentando, vou tentar manter o clube da melhor forma possível. Acredito que podemos ainda ter um ano muito bom".

O presidente ainda comentou sobre a conversa que teve com os jogadores: "Aqui não tem nenhum bandido. A sensação que dá é que cometi um crime hediondo e estou condenado a prisão perpétua. Tudo bem que a torcida está chateada, mas ameaça de morte, ameaça contra família..."

Confira a entrevista completa aqui:

O Atlético não vive uma boa fase dentro de campo. O time foi eliminado precocemente na Copa Sul-Americana, para o Unión de Santa Fé-ARG, e caiu na segunda fase da Copa do Brasil, para o Afogados-PE. Durante a semana, o treinador Rafael Dudamel foi demitido, junto com sua comissão técnica, além de membros da gestão do clube.
Comentários