Futebol Brasileiro

TRT de Minas Gerais nega pedido de Thiago Neves para rescindir com o Cruzeiro

Meia tenta romper vínculo com a Raposa e ainda pode recorrer da primeira decisão

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Thiago Neves tem contrato até o final de 2020(Fernando Moreno/AGIF)

Thiago Neves tem contrato até o final de 2020 | Fernando Moreno/AGIF

Com alegação de salários e encargos trabalhistas atrasados, Thiago Neves entrou na Justiça para tentar a rescisão unilateral com o Cruzeiro. Entretanto, o desembargador Manoel Barbosa da Silva, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Minas Gerais, negou, no último dia 19, a solicitação do meia. A informação é do jornalista Ancelmo Gois, do jornal "O Globo"

Thiago Neves cobra do Cruzeiro R$ 16 milhões. O meia estaria com três meses de salários atrasados e há sete meses sem receber direito de imagem. Apesar de ter o pedido negado no TRT de Minas Gerais, o jogador ainda por recorrer da decisão. O atleta tenta se desvincular da Raposa para tratar de seu futuro. 

O jogador tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2020. O atleta protagonizou polêmicas ao longo de toda temporada e foi afastado do grupo pelo então gestor de futebol, Zezé Perrella, no dia 2 de dezembro, após ser visto em um show de pagode, logo depois de ser vetado de uma partida decisiva por conta de edema na coxa esquerda.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Comentários