Futebol Brasileiro

Três dirigentes do Santos são suspensos por invasão a campo em jogo contra o Flamengo

Jorge Andrade, Matheus Rodrigues e Pedro Doria foram ao gramado protestar contra a arbitragem depois da derrota contra o Flamengo e acabaram punidos pelo STJD

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Árbitro da partida, Wilton Pereira Sampaio relatou o episódio na súmula(Cesar Greco/Palmeiras)

Árbitro da partida, Wilton Pereira Sampaio relatou o episódio na súmula | Cesar Greco/Palmeiras

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) definiu nesta quarta-feira (16) uma punição de 20 dias a três dirigentes do Santos por conta de uma invasão a campo ocorrida após a derrota do Peixe contra o Flamengo, no último dia 30 de agosto.

O Diretor de Futebol Jorge Andrade e os membros do Comitê de Gestão Matheus Rodrigues e Pedro Doria foram os dirigentes punidos no Tribunal e ficarão impedidos de acessar estádios onde o Peixe jogar pelo período da pena.


O STJD considerou a atitude dos dirigentes santistas como "desrespeitosa" e optou pela punição de 20 dias - decisão que ainda cabe recurso por parte do Peixe.

Jorge Andrade, Matheus Rodrigues e Pedro Doria foram ao campo da Vila Belmiro após a derrota para o Flamengo para reclamar da arbitragem, que anulou no VAR dois gols do Santos - que terminou o jogo derrotado por 1 a 0. O árbitro da partida, Wilton Pereira Sampaio, relatou o episódio na súmula.

 
Santos bate o Ceará por 1 a 0 em jogo cheio de expulsões
Comentários