Futebol Brasileiro

Vadão, ex-técnico da seleção brasileira feminina, morre vítima de câncer

Aos 63 anos, Vadão estava internado no Hospital Albert Einstein e não reagiu aos tratamentos da doença

Vadão treinou o Brasil na Copa do Mundo Feminina de 2019(Rafael Ribeiro/CBF)

Vadão treinou o Brasil na Copa do Mundo Feminina de 2019 | Rafael Ribeiro/CBF

Morreu nesta segunda-feira (25) Oswaldo Fumeiro Alvarez, o Vadão, aos 63 anos. O ex-técnico da seleção brasileira feminina (tendo disputado a Copa do Mundo de 2019) lutava contra um câncer, mas não resistiu aos tratamentos e faleceu por volta das 12h.

Além do trabalho na seleção brasileira, o mais marcante da sua carreira, Vadão trabalhou em vários times no futebol masculino. Guarani, Corinthians, São Paulo, Bahia, Athletico e Sport entre eles.

  • Seleção brasileira
Comentários