Futebol Brasileiro

Vagner Love relembra embaixadinhas com Vladimir Putin há 15 anos

Após conquistar um título inédito pelo CSKA Moscou, Love e todo o elenco se encontrou com Putin

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Vagner Love desafiou Putin na embaixadinha(Dmitry Korotayev/Getty Images)

Vagner Love desafiou Putin na embaixadinha | Dmitry Korotayev/Getty Images

Há 15 anos, Vagner Love, hoje no Corinthians, participava de um feito histórico na Rússia. Atuando pelo CSKA Moscou, marcou o último gol da vitória por 3 a 1 contra o Sporting, em Lisboa, e conquistou o primeiro título russo em uma competição européia, a Copa da Uefa.

Dias depois, de volta ao país do clube, o presidente Vladimir Putin recebeu o elenco e a comissão técnica para celebrar a vitória. E o atacante foi, de novo, protagonista. Desta vez, brincou de embaixadinha com Putin, o que deixou todos os jogadores apreensivos.

Em entrevista ao 'Uol Esporte', Love relembrou que, por estar sem tradutor, estava se sentindo deslocado, sem entender a conversa entre o técnico Valery Gazaev e o presidente da Rússia. Por isso, decidiu "quebrar o gelo" ao final do encontro.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

A bola estava em cima da taça, peguei e pensei 'vamos ver se este cara sabe bater na bola'. Ele acabou entrando na pilha e fez umas embaixadinhas. Virou algo histórico para mim e para o CSKA", declarou.

O atacante do Timão ainda disse que tomou a atitude por não saber se outro jogador teria coragem do feito. "Não foi nada em tom de desrespeito, nem nada. Mas os russos ficaram todos apreensivos. Mas Graças a Deus, ele levou na boa. Vou poder para sempre guardar este momento e contar para meus filhos e netos quão importante foi este título que até o presidente nos recebeu. Isso demonstra como somos respeitados dentro do país".

A recepção de Putin ao elenco do CSKA foi muito comentado pela imprensa russa na época e ficou marcado no país. Porém, o presidente nunca se pronunciou publicamente sobre seu momento com Love, além da página oficial do Kremlin não divulgar fotos das embaixadinhas.

 
Em quadro, Sheik responde quem é maior ídolo do Corinthians e maior polêmica da carreira
Comentários