Futebol Brasileiro

Valdívia relembra passagem pelo Palmeiras e dispara contra diretoria

Ídolo do Palmeiras criticou os então dirigentes Alexandre Mattos e Arnaldo Tirone

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Valdívia relembrou polêmicas na sua passagem pelo Palmeiras(Edu Andrade/Getty Images)

Valdívia relembrou polêmicas na sua passagem pelo Palmeiras | Edu Andrade/Getty Images

Valdívia está marcado na memória do torcedor palmeirense. A relação com a torcida também é uma marca importante para o ídolo do Palmeiras. No entanto, internamente, a relação não foi sempre boa.

Em entrevista ao programa 'Aqui com Benja', o chileno relembrou de diversas polêmicas internas da época em que defendia a camisa do Verdão e abriu o jogo sobre Arnaldo Tirone, o então presidente do clube.

"Outro que fez muito mal ao Palmeiras foi o Tirone. Eu nunca vou esquecer a foto dele na praia. A gente sofrendo uma pressão danada para não cair para a Série B e ele na praia. Na hora eu falei: 'esse cara é pior que eu, está mais louco que eu... Esse era burro de verdade'", relembrou o jogador.

Ele ainda comentou sobre uma cláusula em seu contrato, feita por Alexandre Mattos, onde ficara combinado que o atleta não receberia salário quando fosse convocado para a Seleção, o que fez Valdívia sentir-se "castigado".

"Eu era jogador de Seleção. Se eu era convocado, não iria receber salário. Ir para a Seleção era um castigo. Eu senti isso. Além de ser o cara que ia para a Seleção sendo jogador do Palmeiras, eu seria castigado", declarou.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

 
Luiz Adriano vê Flamengo como espelho no futebol brasileiro
Comentários