Futebol Brasileiro

Vasco é punido por caso de racismo no Campeonato Carioca feminino

Árbitra assistente da semifinal contra o Fluminense foi chamada de 'macaca' por torcedora vascaína

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

O Fluminense eliminou o Vasco na semifinal do Carioca feminino I Foto: Laís Patrício/Fluminense

O Fluminense eliminou o Vasco na semifinal do Carioca feminino I Foto: Laís Patrício/Fluminense

O Vasco foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) após um caso de injúria racial na semifinal do Campeonato Carioca Feminino. Durante a partida contra o Fluminense, no dia 26 de outubro, uma torcedora cruz-maltina chamou a árbitra assistente Paola Rodrigues de “macaca”. 

O Gigante da Colina foi multado em R$ 20 mil e punido com a perda de pontos. Porém, eles não poderão ser descontados, já que o clube está eliminado da competição.

A torcedora acusada de racismo não foi identificada. Bastante emocionada, Paola Rodrigues afirmou em seu depoimento que as pessoas que presenciaram a cena foram coniventes e não auxiliaram no processo de reconhecimento. Após o ocorrido, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) se manifestou nas redes sociais.

O Campeonato Carioca feminino está sendo decidido por Flamengo e Fluminense. Na primeira partida, o Rubro-Negro venceu o Tricolor por 1 a 0. O jogo decisivo será realizado neste sábado (16), às 10 (de Brasília), no estádio Luso-Brasileiro.
Comentários