Futebol Brasileiro

Vice-presidente do Santos critica atual gestão em carta ao Conselho Deliberativo

Na ocasião, Orlando Rollo classificou a gestão do Santos como "omissa" e a "pior de todos os tempos"

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Orlando Rollo, vice-presidente do Santos(Ivan Storti/Santos FC)

Orlando Rollo, vice-presidente do Santos | Ivan Storti/Santos FC

O vice-presidente do Santos, Orlando Rollo, enviou uma carta a Marcelo Teixeira, presidente do Conselho Deliberativo do Peixe, pontuando diversas críticas à atual gestão, à Comissão de Inquérito e Sindicância e ao próprio Conselho.


José Carlos Peres, presidente do clube, retirou os poderes de Rollo no fim do ano passado, e a ação foi considerada como irregular para ele. Os dois mandatários não têm boa relação desde o começo da gestão, em 2018.

Na carta, o vice-presidente tem como alvos principais o Conselho e a CIS, classificando-os como "omissos".

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!


Há flagrante, máxima venia, omissão da Presidência e mesa do Conselho, sendo essa extensiva à Comissão de Inquérito e Sindicância que, tendo o dever de atuar, calou-se e nada fizeram diante dos costumeiros desmandos do mandatário José Carlos Peres", diz um dos trechos da carta.


Além disso, Rollo relembra conflitos com Peres e cita a representação criminal junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo que inquere o presidente por apropriação indébita de pertences do vice, após a desapropriação da sua sala na Vila Belmiro.


Em entrevista ao "Lance!", Marcelo Teixeira se manifestou sobre a carta. Disse que as providências foram encaminhadas pela Mesa às Comissões, que emitiram pareceres.
 

A única questão que não há condições de resolver é a relação entre o presidente e o vice, que depende das iniciativas pessoais de ambos", declarou o presidente do Conselho Deliberativo.

Peres, Rollo e Teixeira são peças importantes nos bastidores do Santos e grandes nomes para a próxima presidência, que será eleita ao final deste ano, e cada movimento feito no clube tem grande peso.

 
Yuri Alberto comenta sobre renovação com o Santos
Comentários