Futebol Brasileiro

Willian Arão recebe conselhos de Zico e sonha com gol de falta no Flamengo

Volante intensificou os treinamentos desde o fim do ano passado e já se tornou um dos cobradores da equipe

Avatar del

Por Monique Danello

Willian Arão é um dos destaques do Flamengo na temporada(Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Willian Arão é um dos destaques do Flamengo na temporada | Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

O Flamengo enfrenta o Fluminense nesta quarta-feira (08), valendo o título da Taça Rio e do Campeonato Carioca. Willian Arão tem um histórico positivo, quando se trata de confrontos contra o Tricolor, mas ainda está em busca de um gol de falta. Desde o segundo semestre do ano passado, o volante vem intensificando os treinamentos. Em entrevista ao 'Fora de Jogo', do Esporte Interativo, Arão revelou que recebeu conselhos de Zico.

"Estou perseguindo esse golzinho, recebi alguns conselhos do Zico, recebi alguns conselhos que tem que treinar e estou treinando quietinho. Sempre que dá, pego a bola e vou bater 10 faltas, 15 faltas, me aperfeiçoando para quando tiver a chance que eu possa caprichar e fazer um gol de falta. Até porque faz tempo que o Flamengo não faz gol de falta, na hora certa vai sair", contou o volante.

 
Willian Arão sobre cobrança de faltas no Flamengo

Ano passado, na vitória por 3x1 diante do Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, no Maracanã, Arão cobrou uma falta no travessão. Na ocasião, Gabigol pegou o rebote e fez um dos gols do Rubro-Negro na partida. Na volta do Campeonato Carioca, o volante teve uma chance contra o Boavista, mas a bola acabou nas mãos do goleiro Klever.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Willian Arão sonha com o gol de falta, mas o maior objetivo nesta quarta (08) é pode conquistar mais dois títulos com o Flamengo nessa temporada. O volante entende que os rubro-negros precisam lidar com o favoritismo, mas garantiu que isso não entra em campo com este grupo.

"Todo mundo nos coloca como favoritos em todas as competições. E nós, por jogarmos no Flamengo, temos a obrigação de entrar em todas as competições para vencer. Pelo que a gente vem apresentando, por todos os nossos resultados, todo mundo espera. Mas isso na nossa cabeça não entra, a gente pensa no jogo em si. Como vamos fazer para ganhar o jogo, quais serão as brechas que o adversário vai nos dar, quais serão as dificuldades que vai nos proporcionar, de que maneira a gente consegue parar eles, de que maneira que a gente explora as fraquezas, é isso que passa na nossa cabeça. Depois, é claro, a gente está muito mais confiante, com os treinamentos, com os jogos, com os movimentos que a gente aprimorou. Mas são 11 contra 11, de repente acontece um lance, um é expulso, alguém machuca, alguém não está num bom dia. O jogo pode estar controlado, mas a gente não consegue fazer o gol, eles podem ter uma bola parada. Mas a gente vai estudar, como estudamos todos os adversários, para que a gente elimine e diminua o número de erros, para que a gente possa sair vencedor", analisou Arão.

 
Willian Arão sobre favoritismo do Flamengo sobre o Fluminense
Comentários