Melhor Futebol do Mundo

Benfica defende Bernardo Silva e chama acusação de racismo de 'doença dos tempos'

Clube português usou sua newsletter para isentar seu ex-atleta de qualquer má conduta

Bernardo Silva está sob investigação pela FA(2019 Getty Images, Getty Images Europe)

Bernardo Silva está sob investigação pela FA | 2019 Getty Images, Getty Images Europe

Dentro de campo, o português Bernardo Silva vive um dos melhores momentos de sua carreira, sendo peça fundamental do Manchester City. Fora dele, entretanto, se envolveu em polêmica onde foi acusado de racismo contra um de seus companheiros, o francês Benjamin Mendy, por conta de um tweet onde o compara a um personagem estereotipado.

Depois disso, também foi acusado de racismo por conta de um vídeo publicado em sua conta no Instagram no ano de 2018, onde ironiza o fato de Mendy, negro, estar vestido com roupas pretas, perguntando por que ele estava nu. Na publicação, o Benfica demonstra interpretar tudo como "uma simples brincadeira entre dois colegas e dois amigos".

Bernardo Silva se tornou alvo de uma investigação por parte da Federação Inglesa (FA), que pode resultar numa suspensão para o meio-campista português.

Bernardo Silva e Mendy
Bernardo Silva afirma ter feito apenas uma brincadeira com um amigo (Laurence Griffiths/Getty Images)

O Benfica defende o atleta, revelado pelo clube, e aproveita para exaltar seu caráter, indicando que as acusações de racismo por conta das brincadeiras seriam uma "doença dos tempos".

Confira a íntegra da nota publicada na Newsletter News Benfica:

"Bernardo Silva é um jovem que sempre se distinguiu pela sua simplicidade, carácter e boa formação. Por onde passa deixa sempre saudades e consegue o feito de treinadores e colegas que com ele lidam serem unânimes nos elogios à sua natureza alegre e espontânea. No Benfica temos enorme orgulho em ti, Bernardo! Basta ver a forma como ele sente e expressa o amor ao clube onde foi formado e é o do seu coração para perceber o tipo de pessoa de quem estamos a falar. Transformar uma simples brincadeira entre dois colegas e dois amigos num tweet com intuitos racistas, e abrir um processo por conduta imprópria, demonstra e é sinal de uma doença dos tempos." 

Comentários