Melhor Futebol do Mundo

Brasileiro sensação da Premier League revela que ser pai aos 14 anos motivou carreira

Aos 16 anos, Wesley já tinha dois filhos e afirma que 'fez de tudo' para ser jogador de futebol por conta disso

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Wesley vem sendo um dos principais nomes do Aston Villa nessa temporada(2019 Getty Images, Getty Images Europe)

Wesley vem sendo um dos principais nomes do Aston Villa nessa temporada | 2019 Getty Images, Getty Images Europe

É comum que jogadores de futebol tenham um passado complicado em suas vidas, ao menos no Brasil. Wesley, atacante do Aston Villa que vem sendo uma das sensações da atual temporada da Premier League, também passou por dificuldades antes de vingar no futebol profissional. Entretanto, garante que a vida difícil o motivou a buscar seu espaço no esporte.

Depois de perder seu pai quando tinha apenas nove anos de idade, Wesley afirma que, hoje, faz de tudo por sua mãe, responsável por criar a ele e os irmãos praticamente sozinha.

"Quando termino de treinar, sempre ligo para ela, porque ela é tudo pra mim. Minha mãe fez de tudo para me ajudar a jogar, então todo dia, quando volto para casa, eu ligo para ela", disse o atacante em entrevista à 'Sky Sports'.

Além disso, durante a adolescência, Wesley teve de lidar com a missão de criar dois filhos já aos 16 anos. O atacante garante que ter os filhos tão cedo foi uma das coisas que lhe fez correr atrás do sonho de se tornar jogador de futebol.

"Eu tive meu primeiro filho com 14 anos de idade. Foi difícil, porque foi nessa idade que tive de tentar jogar profissionalmente. Tinha que trabalhar durante o dia e treinar à noite. Quando tive meus filhos, disse para mim mesmo que teria de fazer de tudo para ser jogador de futebol."

Wesley tem quatro gols em oito jogos pelo Aston Villa (Stephen Pond/Getty Images)

Apesar disso, demorou para que Wesley conseguisse de fato seu espaço no esporte. O centroavante fez testes e chegou a passar seis meses no Atlético de Madrid, mas não foi contratado pelo clube espanhol. Algum tempo depois, voltou ao Brasil para trabalhar numa fábrica. Depois de bater na porta de diversos times, acabou encontrando uma oportunidade na Eslováquia.

"Eu tinha que fazer alguma coisa para conseguir sustentar meus filhos. Eu ia aos clubes e todos me diziam não. Tentei com seis times antes de ir à Eslováquia. Nesse momento, eu já pensava que não queria mais jogar futebol. Aí, consegui uma chance."

Depois de se destacar no Trencin, Wesley conseguiu uma oportunidade no Brugge. Depois de três anos e mais de 100 jogos no clube belga, o atacante brasileiro de 1,91m se tornou a contratação mais cara do Aston Villa, que o comprou por 25 milhões de euros (R$ 115 milhões). Até o momento, o centroavante tem quatro gols e uma assistência nos oito jogos que disputou com os ingleses.

  • Premier League
  • Wesley
Comentários