Melhor Futebol do Mundo

Buscando espaço na Lazio, André Anderson deixa futuro aberto para Seleção

Jogador da equipe italiana tem sido convocado para a seleção sub-20 do país, mas também teve passagem pela seleção brasileira sub-18

Por Gabriel Menezes

André Anderson em treino na volta da paralisação pelo novo coronavírus(Getty Images)

André Anderson em treino na volta da paralisação pelo novo coronavírus | Getty Images

Ao longo dos anos, a seleção italiana teve alguns brasileiros em seus elencos. Mazzolla, que foi campeão do mundo com o Brasil em 1958, talvez tenha sido o maior deles. Afinal, chegou a jogar a Copa de 1962 com a Itália. Amauri e Thiago Motta também são nomes que marcaram época na Azzurra. Mais recentemente, Jorginho e Emerson Palmieri integram a Squadra. Para o futuro, dois nomes são observados: Gabriel Martinelli e André Anderson.

Martinelli, no Arsenal, vem tendo grande destaque e conquistando seu espaço nos Gunners. O segundo deles, ainda mais desconhecido do público brasileiro, busca se afirmar no time principal da Lazio, que ainda briga pelo título italiano na atual temporada. Revelado pelo Santos, ele concedeu entrevista exclusiva ao Esporte Interativo.

O meio-campista de 20 anos se mudou para o futebol italiano sem disputar uma partida sequer pelo profissional da equipe da Baixada Santista, em 2018. Mas garante que, apesar de ter ido muito jovem, pensou bastante na decisão e, hoje, está adaptado ao novo país.


André Anderson marcou os três gols da equipe junior da Lazio (de colete) em amistoso contra o time principal neste vídeo

"Foi uma decisão muito bem pensada e estruturada. Quando meus empresários me passaram o interesse da Lazio, vi a possibilidade de começar minha trajetória no futebol europeu. Apesar de toda a dificuldade de início em relação à adaptação, hoje já me sinto bem estabilizado. Claro que busco ainda mais evolução mas, hoje, já entendo muito melhor a cultura e a sociedade que estou inserido."

O jogador passou uma temporada emprestado à Salernitana, que disputava a Serie B italiana. Por lá, atraiu atenção de observadores da seleção italiana, que demonstraram interesse pelo seu futebol. Até o momento, André tem cinco partidas pela equipe sub-20 da Azzurra. Mas afirma que ainda não quer tomar uma decisão sobre o país pelo qual jogar no profissional.

André Anderson em ação contra o Cremonese, pela Coppa Italia (Foto: Getty Images)

"Eu cheguei a ser convocado pela seleção brasileira sub-18. A Itália tem me acompanhado desde a minha passagem pela Salernitana, na segunda divisão, onde tive boas atuações. Consegui dar sequência ao bom momento na Lazio e ganhei uma oportunidade na seleção italiana sub-20. Não penso sobre tomar uma decisão agora. É trabalhar e esperar os chamados e as oportunidades aparecerem."

Afirmando que tem Ronaldo Fenômeno e Zidane como suas referências, o meio-campista destaca que acredita no título da Serie A na temporada 2019/20 e, ainda, fala sobre a rivalidade entre Roma e Lazio, que é considerada uma das mais ferrenhas do mundo.

"Realmente é uma rivalidade muito forte. Sentimos em dias de clássico que a cidade para. Acredito que podemos, sim, comparar com as maiores rivalidades do futebol brasileiro."

Na atual temporada, André Anderson tem sido ainda pouco utilizado pelo técnico Simone Inzaghi, mas atuou em três partidas do Campeonato Italiano, além de mais uma pela Coppa Italia.

 
Grandes momentos de Andrea Pirlo no futebol europeu
  • Serie A
Comentários