Melhor Futebol do Mundo

Clubes italianos lançam carta conjunta admitindo racismo na Serie A

Escrito assinado pelos 20 clubes da Serie A afirma que entidades não podem esperar que o racismo 'desapareça magicamente'

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Clubes da Serie A publicaram manifesto contra o racismo no campeonato(Reprodução)

Clubes da Serie A publicaram manifesto contra o racismo no campeonato | Reprodução

O racismo na Itália tem sido pauta em praticamente todas as rodadas da Serie A nesta temporada. Em meio à cobrança de - principalmente - jogadores e imprensa, as equipes da primeira divisão do país lançaram uma carta conjunta falando sobre o problema.

Assinado por todos os 20 clubes da Serie A, o documento admite que o campeonato tem "um sério problema" de racismo e que isso acontece, em parte, por conta de não terem sido tomadas ações suficientes para combatê-lo.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

As equipes também reiteraram que nenhuma pessoa deveria sofrer racismo, dentro ou fora do futebol e que não é mais possível que os clubes continuem em silêncio, "esperando que o racismo desapareça magicamente".

Confira a nota dos clubes na íntegra:

"Temos que reconhecer publicamente que temos um sério problema com racismo.

É um problema que não fizemos o suficiente para combater ao longo dos anos.

Imagens de jogadores sendo ofendidos racialmente no futebol italiano foram vistas e discutidas por todo o mundo nessa temporada e isso nos envergonha.

Nenhum indivíduo deveria ser alvo de abuso racial - dentro ou fora do futebol - e não podemos mais ficar em silêncio ou esperar para que isso desapareça magicamente.

Iniciadas pelos clubes, foram realizadas recentemente conversas positivas com a Lega Serie A, a FIGC e especialistas em derrubar e erradicar esse problema do jogo.

Nós, os clubes que assinam esta nota, estamos unidos pelo desejo de mudança séria e a Lega Serie A definiu sua intenção de liderar, ao produzir uma robusta e compreensível política anti-racismo para a Serie A, com leis mais firmes e um plano para educar aqueles dentro do jogo sobre o racismo.

Não temos mais tempo a perder.

Agora, temos que agir com velocidade, com vontade e união. E chamamos vocês, os torcedores, para nos apoiar nesse esforço vitalmente importante.

Sinceramente,
Atalanta, Bologna, Brescia, Cagliari, Fiorentina, Genoa, Hellas Verona, Inter Milan, Juventus, Lazio, Lecce, AC Milan, Napoli, Parma, AS Roma, Sampdoria, Sassuolo, SPAL, Torino, Udinese"

  • Campeonato Italiano
  • Racismo
Comentários