Melhor Futebol do Mundo

Comentário de Özil tira jogo do Arsenal de TV chinesa

Meia alemão criticou o tratamento dado à minoria muçulmana dos Uigures, povo de origem turcomana que habita principalmente a China

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

LONDON, ENGLAND - DECEMBER 09: Mesut Ozil of Arsenal during the Premier League match between West Ham United and Arsenal FC at London Stadium on December 09, 2019 in London, United Kingdom. (Photo by Chloe Knott - Danehouse/Getty Images)
VT da partida entre Wolverhampton e Tottenham foi colocado no lugar de jogo do Arsenal na China (Foto: Chloe Knott - Danehouse/Getty Images)

O jogo entre Arsenal e Manchester City, que seria televisionado na China pela Chinese Central Television (CCTV), foi tirado da grade da emissora por conta de declarações de Mesut Özil, meia alemão de origem turca dos Gunners. Ele criticou o tratamento dado à minoria muçulmana dos Uigures, povo de origem turcomana que habita o país asiático.

"(Na China) Alcorões são queimados, mesquitas são fechadas, escolas teológicas islâmicas também, madraças (escolas muçulmanas) são banidas, estudantes são mortos, um por um. Apesar disso, os muçulmanos permanecem quietos. Os muçulmanos continuam calados. A voz deles não é ouvida", escreveu Özil em seu Twitter.

Oficialmente, o Arsenal tentou se distanciar da fala de Özil. "O assunto expressado é totalmente a opinião de Özil", publicou o clube no Weibo, rede social chinesa. "Como um clube de futebol, o Arsenal tem um princípio de não se envolver em política", finalizou.

O mercado chinês é cada vez mais importante para os clubes da Premier League. Em 2018, os Gunners até abriram um restaurante em Xangai e na pré-temporada, algumas equipes da liga jogam um torneio amistoso no país. 

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

Comentários