Melhor Futebol do Mundo

Cristiano Ronaldo: 'Sou muito inteligente e não tenho defeitos'

Camisa 7 da Juventus falou sobre conquistar a Eurocopa de 2016, seu melhor gol e mais 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Juventus v Genoa CFC - Serie A(2019 Getty Images, Getty Images Europe)

Juventus v Genoa CFC - Serie A | 2019 Getty Images, Getty Images Europe

Escolhido como melhor jogador na Itália da última temporada, Cristiano Ronaldo deu uma entrevista à plataforma 'DAZN', de quem é parceiro, para falar sobre o prêmio por sua atuação na Serie A, seu melhor gol e lembranças do título da Eurocopa de 2016, o primeiro com a seleção portuguesa - vale lembrar que, depois disso, Cristiano também foi campeão com Portugal da Nations League da UEFA. 

Confira: 

Sobre a Euro 2016: "Foi o troféu mais importante que ganhei na minha carreira, o que ganhei com a minha seleção. Campeão da Europa com Portugal. Ri, chorei, fui treinador, sofri... Fiquei bêbado depois do jogo. Chorei tanto que fiquei desidratado, bebi uma taça de champanhe e fiquei um pouco bêbado. Mas é a verdade. No geral eu não bebo, mas esse dia foi tão especial... Foi o título mais importante para mim."

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

Sobre uma virtude e um defeito: "Sou muito inteligente e não tenho defeitos. Sempre sou profissional."

Sobre ser o melhor jogador da Serie A: "Como sabemos, ganhei o prêmio de melhor jogador do Campeonato Italiano. No momento sou eu, não sei se no próximo ano também, mas agora sou eu. É bom, ano passado fui o melhor jogador da Serie A, mas tenho que dizer que há muitos bons jogadores na liga italiana. Os jogadores votaram em mim? É uma grande honra e espero voltar a ganhar no ano que vem."

Sobre seu melhor gol, a bicicleta contra a Juventus: "Foi contra Buffon, um gol muito especial, em um estádio lindo e contra uma grande equipe. O público me aplaudiu, foi uma noite muito especial."

Sobre o que Buffon falou após o gol de bicicleta: "Quando eu falava com ele, sempre achei que estava frente a uma boa pessoa. Um homem simpático, alegre. Depois do gol, simplesmente me deu parabéns, foi amável. Eu lembro muito bem, porque sempre tive uma percepção dele como um cara bom, algo que pude ver com meus próprios olhos."

 
Comentários