Melhor Futebol do Mundo

Depois de 700º gol, Cristiano Ronaldo afirma: 'Não busco os recordes, eles me buscam'

Cristiano Ronaldo admitiu que o sabor do gol histórico ficou amargo por conta da derrota

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Cristiano Ronaldo chegou ao gol 700(2019 Getty Images, Getty Images Europe)

Cristiano Ronaldo chegou ao gol 700 | 2019 Getty Images, Getty Images Europe

Cristiano Ronaldo chegou a uma marca histórica de sua carreira nesta segunda (14), ao marcar o gol nº 700 de sua carreira. Entretanto, não conseguiu evitar a derrota de Portugal para a Ucrânia, por 2x1. Ainda assim, mostrou felicidade com a marca e garantiu que não se guia pelos recordes.

Logo após a partida, o atacante português agradeceu aos envolvidos em sua carreira e falou sobre a sensação de ter conseguido atingir uma marca tão rara na carreira de um jogador.

"É um número que não é qualquer um que pode alcançar. Por isso, agradeço a todos aqueles que me ajudaram, em especial todos meus companheiros, meu treinadores, aqueles que ajudaram o Cristiano a ser o jogador que é. É um momento bonito, mas que acaba por ter um sabor um pouco amargo, por não termos conseguido ganhar."

Além disso, deu uma declaração no seu melhor estilo. Quando perguntado sobre sua relação com a "perseguição" aos recordes, Cristiano garantiu que tenta não focar tanto nisso.

"Os recordes vêm naturalmente. Eu não os busco, eles é que buscam a mim. Sem ter essa ambição, acho que os recordes acontecem de forma natural e, obviamente, eu vou tentar."

 

Depois do período com a seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo volta à Juventus e deve entrar em campo no próximo sábado (19), quando a Velha Senhora recebe o Bologna.

Comentários