Melhor Futebol do Mundo

Desde 2014, Barcelona gastou quase R$ 6 bilhões em jogadores; só quatro são titulares

Ao todo, foram 26 reforços. Destes, oito já deixaram o clube de maneira definitiva

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

A vida não tem sido fácil para Messi e o Barcelona(Getty Images)

A vida não tem sido fácil para Messi e o Barcelona | Getty Images

O Barcelona adicionou mais um reforço nesta segunda (29) à sua longa lista de tentativas nos últimos anos. Miralem Pjanic chegará ao clube na próxima temporada pela alta cifra de 65 milhões de euros - sendo 5 milhões em cláusulas variáveis (R$ 396 milhões). Nos últimos seis anos, entretanto, os catalães já torraram quase 1 bilhão de euros (R$ 5,9 bilhões) em reforços. E a maioria não deu certo.

Desde 2014, o Barça fez contratações altíssimas, como as de Philippe Coutinho, Ousmane Dembélé e Antoine Griezmann, que ultrapassaram a casa dos 100 milhões de euros (R$ 590 milhões). Avaliando as três, apenas a de Griezmann parece ser positiva. Coutinho está no Bayern e deve ser vendido em 2020/21 e Dembélé sofre com lesões e nunca se afirmou no clube.

Ainda assim, a lista de reforços recentes do Barça inclui 26 nomes. Vários deles já não estão mais no clube. Ou, como no caso de Arda Turan, contratado a peso de ouro junto ao Atlético de Madrid (34 milhões de euros, R$ 207 milhões), estão na lista de dispensa.

Em resumo, a lista de contratações, com o valor da transferência e o status de cada atleta no Barça:

Philippe Coutinho - 145 milhões de euros - Emprestado ao Bayern, cotado para deixar o clube.

Ousmane Dembélé - 125 milhões de euros - segue no Barcelona, sendo reserva.

Antoine Griezmann - 120 milhões de euros - Titular com Setién, ainda tenta reencontrar sua melhor fase.

 
Após bela troca de passes, Barcelona empata com gol de Griezmann

Frenkie de Jong - 75 milhões de euros - possivelmente o futuro do meio-campo do Barcelona.

Malcom - 41 milhões de euros - Já foi vendido ao Zenit por 40 milhões de euros.

Paulinho - 40 milhões de euros - Também foi vendido ao Guangzhou Evergrande por 42 milhões de euros.

André Gomes - 37 milhões de euros - Foi vendido ao Everton por 25 milhões de euros.

Clément Lenglet - 35,9 milhões de euros - Segue no clube e é, atualmente, titular da zaga ao lado de Piqué.

Arda Turan - 34 milhões de euros - Encostado, já foi emprestado e será dispensado ao fim da temporada, quando seu contrato acaba.

Arda Turan deixou o Atleti sabendo que ficaria sem poder jogar no Barça por seis meses (o clube havia sido punido pela Fifa). Não deu certo depois disso. (Foto: Getty Images)

Arthur - 31 milhões de euros - O brasileiro foi vendido para a Juventus por 72 milhões de euros (mais 10 milhões em cláusulas variáveis).

Francisco Trincão - 31 milhões de euros - Contratado em janeiro, o português fica no Braga até o fim da atual temporada.

 

Paco Alcácer - 30 milhões de euros - Foi vendido ao Dortmund por 21 milhões de euros. Uma temporada depois, foi repassado ao Villarreal por 23 milhões de euros.

Neto - 26 milhões de euros - Segue no clube, como reserva de Ter Stegen.

Samuel Umtiti - 25 milhões de euros - Deveria ser o titular da zaga, mas sofre com lesões e ainda não se firmou.

Arturo Vidal - 18 milhões de euros - Viveu altos e baixos no Barça. Na atual temporada, foi reserva na maior parte do tempo, mas vem reconquistando espaço após a paralisação.

 

Júnior Firpo - 18 milhões de euros - Possível sucessor de Jordi Alba, ainda tenta ganhar espaço.

Martin Braithwaite - 18 milhões de euros - Contratação de emergência por conta da lesão de Suárez, já tem sua saída especulada.

Aleix Vidal - 17 milhões de euros - O ala-direito nunca se firmou na posição e foi vendido ao Sevilla por 9,3 milhões de euros. Hoje, está no Alavés.

Lucas Digne - 16,5 milhões de euros - Foi vendido ao Everton por 20 milhões de euros.

Jasper Cillessen - 13 milhões de euros - O goleiro foi revendido ao Valencia por quase o triplo do valor de sua contratação: 35 milhões de euros.

 

Gerard Deulofeu - 12 milhões de euros - Passou uma temporada no clube. E foi vendido ao Watford por 13 milhões de euros.

Emerson - 12 milhões de euros - O lateral-direito brasileiro está emprestado ao Real Betis, deve renovar o empréstimo por mais uma temporada e, depois disso, pode passar a ser opção no Barça.

Yerri Mina - 11,8 milhões de euros - Foi vendido ao Everton por 30,2 milhões de euros após seis jogos pelo Barcelona.

Matheus Fernandes - 7 milhões de euros - Foi diretamente emprestado ao Real Valladolid, ainda não teve chances de jogar pelo Barcelona.

Pedri - 5 milhões de euros - Mesmo caso de Trincão e Matheus Fernandes. Contratado junto ao Las Palmas, fica na equipe até o fim da atual temporada.

 
Em noite histórica para Mertens, Napoli e Barcelona ficam no empate em 1x1
Comentários