Melhor Futebol do Mundo

Deyverson diz querer ficar no Getafe, mas não descarta retorno ao Palmeiras

Em entrevista para a 'Gazeta Esportiva', atacante comentou sobre possibilidade de retornar para o Allianz Parque num futuro próximo

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Deyverson agradou no pouco tempo de Getafe, mas tem valor alto para os espanhóis(Getty Images)

Deyverson agradou no pouco tempo de Getafe, mas tem valor alto para os espanhóis | Getty Images

Deyverson deixou o Palmeiras no início deste ano para voltar à Espanha e jogar no Getafe. Seis jogos e pouco mais de três meses depois, o atacante garante estar "superfeliz" na equipe de Madrid e que pretende seguir no clube após o final do período de empréstimo.

"Quero ficar, quero ficar. O sonho de todo jogador é vir para a Europa. Vários amigos meus falam ‘me leva’. Isso é maneiro. Os caras falam que eu sou iluminado. Teve a proposta da China, não fui, comecei a cair e surgiu o Getafe me querendo, olha só. Os caras falam ‘você é iluminado’", comentou, em entrevista ao site 'Gazeta Esportiva'.

Apesar do desejo de ambos os lados, a permanência de Deyverson vai ficando cada vez mais difícil. Afinal, o valor acordado entre Palmeiras e Getafe no ato do empréstimo foi de 5,4 milhões de euros (aproximadamente R$ 30 milhões, pelas cotações atuais), e a paralisação por conta do novo coronavírus faz com que os espanhóis tenham menos verba para garantir sua compra em definitivo.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

“Eu converso muito com Felipe Dias, que é meu empresário, e ele fala que o clube está muito feliz, que o clube pretende ficar comigo, mas, com essa parada, deu uma embolada, por causa de salários, essas coisas. Se tiver que voltar para o Palmeiras, voltarei feliz também. Mas, aqui (no Getafe) estou superfeliz, as pessoas me tratam com muito carinho. Pretendo ficar aqui."

Por fim, o atacante comentou sobre o a reta final de sua passagem pelo clube alviverde e afirmou que pode retornar ao Brasil para disputar títulos com o Palmeiras.

"Sinto que perdi espaço lá. Tenho grande respeito e carinho por todos os jogadores de lá, desde já quero mandar abraço para eles, mas sinto que meu vínculo lá, pelo fato deles terem me emprestado, sinto que está se encerrando. Jogador quando é emprestado é porque está se encerrando o vínculo com o clube."

“Mas, nunca se sabe. Quem sabe eu não volto para marcar outro gol de título. Eu estava esquecido lá, o Felipão chegou, eu joguei e fiz gol em quase todos os jogos. Quem diria? (risos)”, concluiu.

 
Artur revela que plano de carreira apresentado pelo Red Bull Bragantino envolve ir para o RB Leipzig, da Alemanha
Comentários