Melhor Futebol do Mundo

Dirigente do Watford se diz contra projeto da Premier League para reinício do futebol

Premier League espera que jogos sejam disputados em campos neutros, evitando chance de aglomerações fora dos estádios; seis clubes teriam se declarado contra, incluindo o Watford

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

O Watford é o 17º colocado da Premier League, empatado em pontos com o Bournemouth, primeiro time na zona de rebaixamento(Getty Images)

O Watford é o 17º colocado da Premier League, empatado em pontos com o Bournemouth, primeiro time na zona de rebaixamento | Getty Images

O dirigente do Watford, Scott Duxbury, avisou que não apoiará a decisão da Premier League de voltar aos gramados no meio de junho atuando em campos neutros. Para o dirigente, não há benefício claro na medida.

"As autoridades realmente acham que os clubes, em seus próprios estádios, não conseguem manter um ambiente seguro para as 300 pessoas envolvidas em um jogo da Premier League? Porque, no mundo com o novo coronavírus, nenhum ambiente é totalmente seguro independentemente de onde se jogue", disse, Duxbury, que completou.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

A polícia também fala sobre a possibilidade de torcedores não seguirem as restrições quando o futebol voltar e essa é uma preocupação das autoridades, mas acho que os clubes teriam mais controle sobre isso atuando em seus próprios estádios. O Liverpool foi enfático ao afirmar que seus torcedores seriam responsáveis e ouviriam as instruções do clube quando o prefeito da cidade afirmou ser contra o retorno do futebol. Se o Liverpool acredita nisso com 25 pontos de vantagem e prestes a ganhar o título pela primeira vez, eu tenho certeza que os torcedores de todos os clubes também seguirão as regras", completou.

O Watford é o 17º colocado da Premier League, empatado em pontos com o Bournemouth, primeiro time na zona de rebaixamento. Para o dirigente, a atitude do Watford é baseada em interesses próprios e não há problema nisso.

"Os criticos dirão que estamos agindo em interesse próprio e eles estão completamente certos. Eu tenho a obrigação de proteger o clube e os empregados. Não existe altruísmo na Premier League. São 20 clubes com interesses diferentes e que, eventualmente, se alinham, mas que, mais frequentemente, trabalham apenas para auto-proteção e é por isso que alguns clubes querem o retorno nesses termos porque é um retorno. O Liverpool vai poder ser campeão, os outros clubes poderão brigar pelas vagas nas competições europeias e os outros batalharão para evitar o rebaixamento", afirmou.

Scott Duxbury também pediu para que a Premier League tenha a sensibilidade de ouvir a reclamação dos seis clubes que se posicionaram contrários ao plano que pode ter "efeitos devastadores" e que direcione uma resposta aos possíveis problemas apontados.

 
A INCRÍVEL COLEÇÃO DE CAMISAS DE PAULO DYBALA
Comentários