Melhor Futebol do Mundo

Dybala admite que ficou muito próximo de deixar a Juventus em 2019

Argentino estava pronto para assinar com o Tottenham, mas acabou decidindo ficar, tendo sido inspirado pelo companheiro Gonzalo Higuaín

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Dybala poderia ter deixado a Juventus no meio do ano passado(Getty Images)

Dybala poderia ter deixado a Juventus no meio do ano passado | Getty Images

Na última janela de transferências, o argentino Paulo Dybala teve sua saída de Juventus especulada fortemente. Nesta sexta (24), o atacante admitiu que realmente esteve próximo de deixar a Velha Senhora e revelou por que resolveu continuar no clube.

Em entrevista ao 'The Guardian', o camisa 10 bianconero afirmou que estava prestes a assinar contrato com o Tottenham, mas resolveu esperar até o último momento para tomar sua decisão. E acabou decidindo ficar, segundo a publicação, inspirado pelo desejo de Higuaín voltar ao time titular.

 

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

Eu estava bem próximo de sair. Sabia que isso estava nos pensamentos do clube. Até o último minuto, fiquei esperando."

A decisão parece ter sido acertada. Dybala e Higuaín lutavam por mais espaço num esquema que dificilmente comportava os dois argentinos ao lado de Cristiano Ronaldo. Entretanto, Sarri alterou suas táticas e tem usado mais o "tridente" da Juve.

Dybala, na atual temporada, tem 11 gols e 10 assistências em 26 jogos com a Juventus. Seus companheiros de ataque também atingiram bons números: CR7 marcou 16 vezes, com três passes para gol, e Higuaín estufou as redes adversárias em oito oportunidades, enquanto também serviu seus companheiros em oito ocasiões.

 

Comentários