Melhor Futebol do Mundo

Eto'o afirma ser o melhor jogador africano da história: 'Aceitem ou não, é um fato'

Camaronês Samuel Eto'o afirmou que pretende ganhar tantos títulos como treinador quanto conquistou como jogador

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Eto'o garantiu que é o melhor jogador africano da história(Getty Images)

Eto'o garantiu que é o melhor jogador africano da história | Getty Images

Recém-aposentado, o camaronês Samuel Eto'o fez uma afirmação polêmica, deixando claro que ele é o melhor jogador africano da história do futebol. Aliás, também indicou que isso não é apenas sua opinião, mas um fato.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

Em entrevista à 'AFP', o ex-jogador do Barcelona e da Internazionale afirmou que se sente orgulhoso de si mesmo por ter chegado onde chegou, mas não quer que suas palavras sejam confundidas com prepotência.

"Eu não preciso apresentar argumentos para nada, é apenas um fato. Aceitem ou não, mas é um fato. Todo mundo tem direito à sua opinião. Mas sendo um africano, você está sempre sendo julgado. O que é inaceitável é que somos sempre os primeiros a fazer as coisas. Eles não podem me tirar nada porque sou orgulhoso de ser africano."

Quando vejo de onde vim e o quão longe cheguei, digo a mim mesmo que posso me sentir orgulhoso. Isso não significa que sou prepotente, bem longe disso. É que, nesse mundo, as pessoas gostam de marionetes, e eu não sou uma delas."

O ex-centroavante também indicou que vai seguir uma carreira como treinador num futuro próximo. Em busca de conhecimento e das licenças necessárias para atuar, Eto'o apontou que pretende trabalhar na Europa, mas também ser técnico de times africanos. Além disso, quer vencer. E só.

Samuel Eto'o no Barcelona
Eto'o chegou próximo de ser o melhor do mundo enquanto esteve no Barcelona (Foto: Jamie McDonald/Getty Images)

"Meu próximo desafio vai ser vencer, como treinador, tanto quanto venci como jogador. Eu gostaria de treinar na Europa e um dia voltar à África e vencer lá. Eu não sei o que é perder. Quero aprender e ter todas as qualificações, entender como as coisas funcionam na minha futura carreira e, em um ou dois anos, voltar e começar uma nova carreira, que espero ser tão bonita quanto [a de jogador]".

Dono de passagens muito bem-sucedidas por Barcelona e Internazionale, Eto'o chegou próximo do título de melhor do mundo em 2005, quando foi terceiro colocado no prêmio da Fifa, atrás apenas de Ronaldinho Gaúcho, seu companheiro no Barcelona, e Frank Lampard. George Weah, em 1995, foi o único africano a ser coroado no topo da lista.

  • Samuel Eto'o
Comentários