Melhor Futebol do Mundo

Ex-Borussia, Langerak aponta Klopp como 'louco' dos treinos físicos, mas exalta treinador

Técnico alemão era muito exigente nos treinamentos na época de Borussia, mas Langerak afirma que isso acabava sendo positivo para o elenco

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Klopp e Langerak em 2014, penúltimo ano de ambos no Borussia Dortmund(Getty Images)

Klopp e Langerak em 2014, penúltimo ano de ambos no Borussia Dortmund | Getty Images

Além de ser um dos melhores técnicos da atualidade, o alemão Jürgen Klopp também chama atenção pelo bom-humor e piadas constantes em suas entrevistas. No entanto, a aparência de "gente fina" não se repete tanto nos treinamentos, quando o treinador é extremamente exigente no aprimoramento físico de seus jogadores.

Mitchell Langerak, ex-jogador do Borussia Dortmund, afirmou, em entrevista ao 'Optus Sport', que Klopp pegava muito pesado nos treinos, ressaltando que isso acabou sendo fundamental para o nascimento do "gegenpressing", filosofia de jogo do alemão que preza pela pressão instantânea para tentar recuperar a bola o mais rápido possível.

"Trabalhávamos muito duro. Em algumas pré-temporadas, tínhamos três sessões por dia. No dia seguinte, um treino e um jogo. E depois três de novo. E uma sessão dupla. Era brutal. Mas o time estava bem fisicamente e isso ficava claro quando jogávamos. "

 
Klopp volta a criticar calendário: 'Limitamos carreiras e níveis de performance"

Apesar da dureza nos treinamentos, o goleiro que hoje joga pelo Nagoya Grampus, do Japão, é só elogios a Klopp. Especialmente em relação à sua aptidão para lidar com os jogadores.

"Lidar com pessoas é sua melhor habilidade. Ele fala com você como se você fosse um amigo dele, filho dele. Ele sempre foi muito leve. Ele poderia falar com você sobre qualquer coisa."

Lembro que uma vez, ele falou para mim que tinha um trabalho bem difícil, com 23 ou 24 jogadores no time principal e que cada um é como um filho para ele, que ele protegeria e ajudaria cada jogador como se fosse um filho. Quando você ouve isso, sabe que ele vai estar lá não importa o que aconteça."

O australiano também garante que tudo que Klopp demonstra na frente das câmeras é a pura realidade e indica que, apesar de ser bastante intenso, o alemão também sabe manter o clima leve.

 
Klopp afirma que Jorge Jesus poderia ser presidente do Brasil

"Ele é, no vestiário, exatamente o que você vê na TV. Ele tem uma personalidade intensa. Parece que todos nós usamos 10% do nosso cérebro e ele está sempre ligado, 100%. A todo vapor. É como ele vive a vida dele, como ele treina e isso acaba 'pegando' no time.

Apesar da muita pressão e da situação em que estávamos, você não saberia que era um cenário de tão alto nível. Era um talento dele."

Klopp acabou deixando o Borussia Dortmund em 2015, justamente para treinar o Liverpool. Se bateu na trave na conquista da Champions com a equipe alemã, perdendo para o Bayern, foi fundamental na reorganização dos Reds que culminou com o título da competição europeia na última temporada, além de praticamente garantir o título da atual edição da Premier League.

Langerak também acabou saindo do Dortmund ao fim da temporada 2014/15, se transferindo para o Stuttgart. O arqueiro também passou pelo Levante e, desde 2018, está no futebol japonês.

Comentários