Melhor Futebol do Mundo

Ex-Vasco, Fábio Lima se naturaliza nos Emirados Árabes e sonha em jogar Copa do Mundo

Meia que atuou por Vasco e Atlético-GO é um dos principais jogadores do Al Wasl

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Fábio Lima pode disputar a Copa do Mundo de 2022 pelos Emirados Árabes Unidos(Divulgação/Al Wasl)

Fábio Lima pode disputar a Copa do Mundo de 2022 pelos Emirados Árabes Unidos | Divulgação/Al Wasl

O meia-atacante Fábio Lima, do Al Wasl, tornou-se cidadão dos Emirados Árabes. O processo de naturalização do jogador, de 26 anos, ficou pronto nesta quarta-feira (05). Sendo assim, o paraibano, ex-Vasco da Gama e Atlético-GO, que é um dos principais jogadores da Liga EAU, poderá defender a seleção do país.

Fábio Lima falou sobre o convite para se naturalizar e comentou a possibilidade de ser convocado para a seleção dos Emirados.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

“Me perguntaram se eu tinha o interesse de me naturalizar, já que jogo a mais de cinco anos aqui no país, e eu aceitei prontamente. Ainda não houve contato algum do staff da seleção comigo. Sei que é uma possibilidade, mas obviamente dependerá do meu desempenho no Al Wasl. A motivação é ainda maior para, quem sabe, jogar uma Copa do Mundo”, afirmou Fábio Lima, que tem contrato até junho de 2022.

O meia-atacante chegou ao Al Wasl em 2014, a pedido do técnico Jorginho, com quem havia trabalhado no Vasco. De lá pra cá, tornou-se um dos maiores ídolos da história do time, colecionando boas atuações e recordes. Em sua sexta temporada em Dubai, Fábio Lima irá completar 200 jogos pelo clube nesta sexta-feira, quando sua equipe enfrentará o Ajman, no Zabeel Stadium, pela 16ª rodada da Liga local.

Fábio Lima e seu filho Bento, de quatro meses (Foto: Divulgação/Al Wasl)

Ao todo, Fábio Lima soma 143 gols pelo Al Wasl, tornando-se o estrangeiro que mais balançou as redes na história do clube. De cinco temporadas, esteve entre os três melhores jogadores estrangeiros da Liga quatro vezes e ganhou o prêmio em uma das oportunidades.

“O Al Wasl foi um divisor de águas na minha vida e tenho muito carinho pelo clube e torcida. Na semana em vou completar 200 jogos vestindo esta camisa, recebi com muita alegria o convite para obter o passaporte dos Emirados. É mais uma demonstração de confiança das pessoas daqui com o meu trabalho. Espero retribuir a altura todo o apoio que tenho recebido”, concluiu Lima. 

Os Emirados Árabes ainda precisam garantir vaga na próxima Copa do Mundo, a ser disputada no Qatar, em 2022. Atualmente, a equipe se encontra na 4ª colocação de seu grupo, tendo um jogo a menos que os concorrentes, e precisa terminar, pelo menos, na 2ª posição para ter chance de conseguir se classificar.

  • Emirados Árabes Unidos
Comentários