Melhor Futebol do Mundo

Ex-companheiro de CR7, Benatia diz que português 'não é normal' e revela história bizarra

Zagueiro ex-Juventus contou momento em que se assustou com disposição de Cristiano Ronaldo para treinar

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Benatia passou seis meses ao lado de CR7 na Juventus(Getty Images)

Benatia passou seis meses ao lado de CR7 na Juventus | Getty Images

O português Cristiano Ronaldo, aos 34 anos, é um exemplo de preparação física no futebol mundial. Seu comprometimento para manter a forma chega a assustar os companheiros. Medhi Benatia, ex-companheiro do atacante na Juventus, relatou sua surpresa com o ímpeto de CR7 após uma viagem.

Em entrevista à 'RMC Sport', o zagueiro, atualmente no Al-Duhail, do Qatar, contou que, após uma partida em que nenhum dos dois tinha entrado em campo, Cristiano Ronaldo voltou de viagem e não quis ir para casa, indo direto para a academia.

Já sabe onde assistir aos jogos da Champions League? Assista a TODOS os jogos no EI Plus!

"Vem de uma viagem a Bergamo. Nós dois não tínhamos jogado e ficamos no banco, porque três dias depois, tínhamos outro jogo. No ônibus, voltando, Ronaldo me perguntou: 'O que você vai fazer agora, logo que voltarmos?'. Eu respondi: 'São 11 da noite, vou para casa, por que?'. E ele me questionou: 'Não quer ter uma pequena sessão de treinos comigo? Não suei no jogo, tenho que treinar. Não quer me fazer companhia?'. E de novo expliquei que não era possível. Só queria ir para casa e sentar na frente da TV."

O marroquino Benatia afirma que, quando o time chegou ao seu destino, todos os jogadores do elenco se prepararam para ir para casa. Cristiano Ronaldo, por outro lado, mesmo sozinho, vestiu seu uniforme de treino e foi se exercitar.

"Quando chegamos, todos estavam vestindo roupas normais, mas ele colocou seus shorts, música e foi para a academia. Aí eu pensei: 'esse cara não é normal'."

Benatia jogou na Juventus entre 2016 e 2019, tendo passado apenas seis meses na companhia de Cristiano Ronaldo. Em janeiro deste ano, o defensor foi para o futebol qatari, para jogar pelo Al-Duhail.

Comentários